Miss Brasil demorou para incluir participação de todos as UF’s


Primeira tentativa, em 1974, foi laboratório para que futuras organizações o fizessem

Da redação TV em Análise

Reprodução/O Cruzeiro


Quando o Miss Brasil foi realizado pela primeira vez, em 1954, o país tinha 20 Estados, cinco territórios -Acre, Amapá, Fernando de Noronha, Rondônia e Roraima – e o Distrito Federal de então, a cidade do Rio de Janeiro. Se comparada à primeira edição do Miss USA, em 1952, a presença de candidatas locais era baixíssima. Martha Rocha enfrentaria Miriam Stevenson saída de um Miss USA com 25 candidatas – o primeiro tinha registrado 42 candidatas, um decréscimo de 40,47%.
Em 26 de junho de 1954, candidatas de seis Estados competiram para decidir a primeira vaga brasileira no Miss Universo. Um evento de jornal paulistano no Hotel Quitandinha, em Petrópolis (região serrana do Rio) chamou a atenção da mídia impressa da época. Após o segundo lugar de Martha, Assis Chateaubriand (1892-1968), fundador dos Diários Associados, comprou o que era um simples encontro de intelectuais para tratar de medidas de busto, cintura e quadris, muitos deles saídos da Semana de Arte Moderna de 1922. Logo, o Miss Brasil começou a ganhar força a partir de 1955. Em 1957, se decidiu que a edição de 1958 seria transferida para o Maracanãzinho. Àquela altura, o Miss Brasil já ganhara popularidade, mas não a ponto de ter todas as Unidades da Federação na disputa, nem mesmo nos anos em que o país conquistou seus títulos nos três principais concursos internacionais de beleza por ele representados, entre 1963 e 1971.
Em 1974, o Brasil tinha 22 Estados, quatro territórios -Amapá, Fernando de Noronha, Rondônia e Roraima – e o Distrito Federal já colocado em Brasília. Foi o primeiro ano em que o Miss Brasil, realizado na nova capital federal, teve todas as Unidades da Federação presentes. O evento do Ginásio Nilson Nelson era só um teste para o futuro. Futuro esse que não demoraria a acontecer a partir de 1982, quando o concurso já estava nas mãos do SBT. E assim o foi em 1992, na aventura solo de Marlene Brito. A configuração de 27 candidatas estaduais está presente no Miss Brasil desde 1994. No Miss USA, a configuração de 51 candidatas estaduais começou a vigorar em 1967. Ficou menor em 1981, devido a uma desclassificação, e foi incrementada em 1984 e 1987 com vencedoras do Miss Teen USA e 2016, com uma candidata extra eleita pelo voto popular.
O sistema de 27 candidatas estaduais do Miss Brasil válido pelo Miss Universo veio para ficar. A nova organização que assumir os direitos do Miss Universo no Brasil terá desafios muito grandes. A começar pela manutenção dos 27 concursos estaduais, realizados a partir da eleição ou aclamação de candidatas municipais. Há quem critique o modelo de concursos estaduais, mas é esse o padrão que o Miss Brasil tem adotado. Recorrer a loucuras de eleger candidata adicional não passa pela cabeça de ninguém.

A PROPORÇÃO DE CANDIDATAS DO MISS BRASIL X UNIDADES DA FEDERAÇÃO
Padronização começou a valer em 1982, voltou em 1992, e vigora desde 1994
Ano Edição Cidade Candidatas UFs
1954 Petrópolis, RJ 6 26
1955 Petrópolis, RJ 19 26
1956 Petrópolis, RJ 22 26
1957 Petrópolis, RJ 20 26
1958 Rio de Janeiro, RJ 23 26
1959 Rio de Janeiro, RJ 25 26
1960 Rio de Janeiro, RJ 23 27
1961 Rio de Janero, RJ 22 27
1962 Rio de Janeiro, RJ 23 27
1963 10ª Rio de Janeiro, RJ 24 27
1964 11ª Rio de Janeiro, RJ 24 27
1965 12ª Rio de Janeiro, RJ 25 27
1966 13ª Rio de Janeiro, RJ 25 27
1967 14ª Rio de Janeiro, RJ 25 27
1968 15ª Rio de Janeiro, RJ 25 27
1969 16ª Rio de Janeiro, RJ 25 27
1970 17ª Rio de Janeiro, RJ 24 27
1971 18ª Rio de Janeiro, RJ 26 27
1972 19ª Rio de Janeiro, RJ 26 27
1973 20ª Brasília, DF 26 27
1974 21ª Brasília, DF 27 27
1975 22ª Brasília, DF 25 26
1976 23ª Brasília, DF 24 26
1977 24ª Brasília, DF 24 26
1978 25ª Brasília, DF 24 26
1979 26ª Brasília, DF 25 27
1980 27ª Brasília, DF 25 27
1981 28ª São Paulo, SP 27(*) 27
1982 29ª São Paulo, SP 27 27
1983 30ª São Paulo, SP 27 27
1984 31ª São Paulo, SP 27 27
1985 32ª São Paulo, SP 27 27
1986 33ª São Paulo, SP 27 27
1987 34ª São Paulo, SP 27 27
1988 35ª São Paulo, SP 27 27
1989 36ª São Paulo, SP 27 27
1991 37ª São Paulo, SP 13 27
1992 38ª São Paulo, SP 27 27
1993 39ª São Paulo, SP 10 27
1994 40ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
1995 41ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
1996 42ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
1997 43ª Teresina, PI 27 27
1998 44ª São Paulo, SP 27 27
1999 45ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
2000 46ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
2001 47ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
2002 48ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
2003 49ª São Paulo, SP 27 27
2004 50ª São Paulo, SP 27 27
2005 51ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
2006 52ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
2007 53ª Rio de Janeiro, RJ 27 27
2008 54ª São Paulo, SP 27 27
2009 55ª São Paulo, SP 27 27
2010 56ª São Paulo, SP 27 27
2011 57ª São Paulo, SP 27 27
2012 58ª Fortaleza, CE 27 27
2013 59ª Belo Horizonte, MG 27 27
2014 60ª Fortaleza, CE 27 27
2015 61ª São Paulo, SP 27 27
2016 62ª São Paulo, SP 27 27
2017 63ª Ilhabela, SP 27 27
2018 64ª São Paulo, SP 27 27
2019 65ª São Paulo, SP 27 27

(*)Dessa edição participaram 26 candidatas estaduais e uma aclamada pela produção

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s