Covid-19 faz calendário do 72º Primetime Emmy sofrer ajustes


Por ora, realização das premiações em setembro tem datas mantidas

Da redação TV em Análise

Gabriel Olsen/FilmMagic/14.09.2016


A Academia de Televisão decidiu fazer ajustes em datas-chave para a 72ª edição do Primetime Emmy. De acordo com o site da entidade, a elegibilidade de programas foi estendida do dia 31 de maio para 30 de junho. As indicações, que estavam inicialmente marcadas para o dia 14 de julho, passarão a ser anunciadas no dia 28 de julho. Não há planos de cancelar ou adiar, a princípio, as datas das cerimônias técnicas dos dias 12 e 13 de setembro, e da premiação principal, marcada para o dia 20 de setembro.
Os novos prazos para o 72º Primetime Emmy são estes:

  • 5 de junho: Prazo final de submissões
  • 2 de julho: Início da rodada de votação para as indicações
  • 13 de julho: Fim da rodada de votação para as indicações
  • 28 de julho: Anúncio dos indicados
  • 21 de agosto: Início da rodada final de votação
  • 31 de agosto: Fim da rodada de votação

A decisão de revisar essas datas se deu em função do coronavírus. A Academia de Televisão e a ABC, emissora geradora desta edição do “Oscar do hŕario nobre”, estão monitorando como vai ficar a pandemia ao lado do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças do governo americano) e do Departamento de Saúde Pública do Condado de Los Angeles. Em outra frente, eventos de consideração de programas para os jurados – seja em presença de público, transmissão de internet ou gravados para plataformas de vídeo –  foram suspensos este ano, para atender orientação das autoridades.
Em relação a séries com múltiplos episódios, a elegibilidade passou de 31 de maio para 30 de junho. No caso das minisséries e telefilmes, elas terão de estar no prazo original, até 31 de maio. No entanto, para entrar no novo prazo, elas terão de ser colocadas em plataformas online acessíveis. Caso contrário, terão de concorrer em 2021.
O coronavírus obrigou as redes abertas e canais pagos americanos a adequar suas grades para a prestação de serviços jornalísticos, interrompendo a veiculação de séries e realities de competição que estavam no prazo original de elegibilidade. Além disso, as produções (inclusive de pilotos para a temporada 2020-2021) foram interrompidas devido à dispensa de atores, roteiristas, produtores e técnicos dos estúdios que prestam serviços às emissoras e plataformas de exibição dos respectivos programas.
À parte, a 71ª edição do Emmy de Tecnologia e Engenharia, marcada para abril, em Las Vegas, a 41ª edição do Sports Emmy Awards, marcada para o mesmo mês, no Lincoln Center, em Nova York, e a 47ª edição do Daytime Emmy, inicialmente marcada para junho, em Pasadena, foram adiadas pela Academia Nacional de Televisão (NATAS).

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Premiações e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s