Eleição de Júlia Horta como Miss Brasil 2019 completa um ano


Juiz-forana colocou Zona da Mata mineira na pauta do Miss Universo pela 3ª vez

Da redação TV em Análise

Rodrigo Trevisan/Band/Miss Brasil/Divulgação/09.03.2019
Júlia recebeu o título de Miss Brasil da amazonense Mayra Dias


Há exatamente um ano a mineira Júlia do Vale Horta era eleita a 65ª representante brasileira na disputa do título de Miss Universo. Seu reinado quase não teve participações em concursos estaduais por estar no olho do furacão de uma crise que quase a deixou fora da 68ª edição do concurso de Miss Universo, realizada no dia 8 de dezembro, em Atlanta. Nas histórias e postagens do Instagram, Júlia se revelava uma rainha da beleza em trincas. Era a Miss Brasil de uma queda de braço. Perdeu o patrocínio. Até sua assessora de imprensa, Aretha Procópio, foi demitida da Polishop. Mesmo com o fim da parceria da Band com a empresa de varejo, Júlia e Aretha não se desgrudaram de suas relações profissionais. A mantém como assessora de imprensa de uma Miss Brasil cujas aparições nos noticiários despencaram bastante nos últimos meses.
Um ano de nascimento separaram Júlia Horta (31 de março de 1994) da colombiana Gabriela Tafur (7 de julho de 1995). Na concentração do Miss Universo 2019, desenvolveram uma cumplicidade que as torcidas chamaram de “Jufur”. A parceria foi separada na definição das 10 semifinalistas para as provas de trajes de banho e trajes de gala. Tafur, 24, ficou entre as cinco finalistas das perguntas temáticas.
Júlia nasceu um mês antes de Ayrton Senna perder a vida na curva Tamburello do Autódromo de Ímola, na Itália. Ela era bebê quando o repórter Roberto Cabrini, então na Rede Globo, anunciou: “Morreu Ayrton Senna da Silva”. Na infância, Júlia jamais pensou em ser miss. Era uma garota comum da Zona da Mata mineira. Cresceu com os concursos de misses de volta à televisão com sua conterrânea Gislaine Ferreira, eleita Miss Brasil em 2003. Tem em Natália Guimarães, Miss Brasil de 2007, sua grande referência.
O Miss Brasil da Band foi a mola propulsora para Júlia alçar voos iniciais nos concursos de beleza. Foi Miss Mundo da Zona da Mata Mineira em 2015 e acabou semifinalista do Miss Mundo Brasil daquele ano. Foi para o Reinado Internacional do Café na Colômbia, em 2016, onde ficou em segundo lugar. Quis o destino que sua antecessora no Miss Minas Gerais, Elis Miele, ficasse entre as cinco finalistas do Miss Mundo 2019, realizado em Londres menos de uma semana após Júlia participar do Miss Universo, em Atlanta.
Classificada entre as 20 semifinalistas, Júlia Horta colocou a Zona da Mata mineira no mapa do Miss Universo pela terceira vez. Ela se tornou a nona Miss Brasil nascida em Minas Gerais. Na região, Nayla Micherif, de Ubá, já representara o país no concurso internacional em 1997, sem sucesso. Seu nome só viria à berlinda em 2002 após se tornar sócia da Gaeta Promoções e Eventos, que já detinha a concessão do Miss Universo para o Brasil. Nayla foi Miss Brasil um ano antes de Marisa Fully, de Manhumirim, eleita em 1983, morrer em um acidente automobilístico. A região metropolitana de Belo Horizonte tem a maior quantidade de misses Brasil mineiras (1971, 1995, 2003/por Tocantins e 2007). O Vale do Rio Doce fez as misses Brasil de 1961 e 1978. A classificação de Júlia no Miss Universo foi a primeira fora da mesorregião da Grande Belo Horizonte.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em História, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s