‘Efeito Madison Anderson’ mantém Denise Quiñones na direção do Miss Universo em Porto Rico e dá ânimo para a sexta coroa


Coordenadora nacional já começou a trabalhar nas seletivas do concurso de 2020

Da redação TV em Análise

Instagram/Unidos por la Corona/09.12.2019


O vice-campeonato de Madison Anderson Berrios, 24, na 68ª edição do concurso de Miss Universo, realizada há pouco mais de um mês em Atlanta, lavou a alma da coordenadora do Miss Universo Porto Rico, Denise Quiñones, 39, que já vinha sendo cobrada por melhores resultados para a ilha desde que assumiu a coordenação local do certame, em março de 2018. A confiança de Quiñones por uma sexta coroa de Miss Universo é tamanha que o processo de seleção das candidatas do Miss Universo Porto Rico 2020 foi iniciado no dia seguinte ao Miss Universo 2019.
A derrota de Madison para a sul-africana Zozibini Tunzi, 26, naturalmente a colocou em prantos ao desembarcar no aeroporto de San Juán no dia seguinte ao certame, abraçada pelo pai. Mas a fez terminar 2019 de cabeça erguida para virar o ano e iniciar os últimos passos de seu reinado local com Quiñones, eleita Miss Universo 2001 em casa. Independente de onde seja realizada a 69ª edição do Miss Universo, Quiñones quer um resultado melhor para Porto Rico no concurso. O título é sua ambição, agora como coordenadora. Ambição que Desiree Lowry deixou escapar na gestão desastrosa que teve.
Madison Anderson não saiu de Atlanta com lágrimas de crocodilo, mas com lágrimas de dragão, como na letra de Bruce Dickinson, 61. do Iron Maiden, lançada em 1994. para fortalecer a escolha de sua sucessora. Quem sabe uma nova Marisol Malaret, nos 50 anos da eleição da primeira porto-riquenha como Miss Universo, após anos de fracassos.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s