Pernambuco tem primeira data confirmada de estadual do Miss Brasil 2020, antes da troca de coordenação nacional ser oficial


Sucessora de Bárbara Souza será eleita em Caruaru, no dia 13 de março

Da redação TV em Análise

Paulo Uchoa/Leia Já/09.02.2019


Antes mesmo de qualquer oficialização da nova coordenação nacional, a direção do concurso de Miss Pernambuco decidiu confirmar a realização do concurso de 2020 para o dia 13 de março, na área de eventos do Caruaru Shopping, em Caruaru (130 km a oeste de Recife). De acordo com a coordenação do Miss Universo no Estado, as candidatas cumprirão programação em Petrolina e Gravatá, antes da final estadual.
Até o fechamento desta reportagem, candidatas de 16 municípios, inclusive da capital do Estado, tinham sido eleitas. A previsão é que até o final da janela de inscrições, em 30 de janeiro, 20 candidatas tenham sido confirmadas na disputa. O concurso é coordenado por Miguel Braga desde 1990. Na história do Miss Brasil, as melhores classificações de Pernambuco foram quatro segundos lugares, em 1958, 1959, 1984 e 2002. No caso de Milena Lira, ela tinha ficado em terceiro lugar e representado o país no Miss Beleza Internacional, realizado em Tóquio, sem obter classificação. Herdou o segundo lugar após a destituição da gaúcha Joseane Oliveira, vencedora original do Miss Brasil 2002. Sônia Maria Campos e Dione Brito representaram o país no Miss Mundo. Só a primeira se classificou. Suzy Rêgo não representou o Brasil em disputa internacional alguma. O mesmo aconteceu com Suzanne Albuquerque, de Fernando de Noronha, em 1985.
A vencedora do Miss Pernambuco 2020 vai receber a faixa e a coroa da recifense Bárbara Souza, 23, que não se classificou entre as 15 semifinalistas do Miss Brasil 2019, realizado em 9 de março, em São Paulo. A última classificação do Estado na etapa brasileira do Miss Universo foi em 2018, quando Eslovênia Marques ficou entre as 10 semifinalistas.
A sucessora de Bárbara participará do Miss Brasil 2020, previsto para setembro. A TV Tribuna, afiliada da Rede Bandeirantes no Estado, vai transmitir o certame.
A marcação do Miss Pernambuco 2020 é a primeira de um concurso estadual válido pelo Miss Brasil 2020 antes mesmo da oficialização da nova coordenação nacional, que deve ocorrer em meados de fevereiro. Somadas às eleições já ocorridas das candidatas de Goiás, Santa Catarina e Sergipe, a 66ª edição do Miss Brasil ganha cada vez mais ares de viabilização, em sua maioria, pelo interesse das coordenações estaduais.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s