Band começa a assumir operações do concurso de Miss Brasil


Transição da Polishop para a nova produtora que vai tocar concurso já começou

Da redação TV em Análise

Rodrigo Trevisan/Band/Miss Brasil/Divulgação/09.03.2019
A mineira Júlia Horta recebe o título de Miss Brasil da amazonense Mayra Dias


A transição da organização do concurso de Miss Brasil, que elege a candidata brasileira para o concurso de Miss Universo, já começou. Todas as operações que antes pertenciam à Polishoip começaram a ser assumidas nesta terça-feira (10) pela equipe liderada pelo produtor gaúcho Evandro Hazzy, 50, e seis ex-misses, entre ganhadoras do concurso nacional e de disputas estaduais, que farão parte de um comitê de criação.
A mudança no comando do Miss Brasil passou a ser acelerada após o fim da participação da mineira Júlia Horta, 25, na 68ª edição do concurso de Miss Universo, realizada no domingo (8), em Atlanta, onde acabou entre as 20 semifinalistas. A contratação de uma nova empresa promotora e produtora para o Miss Brasil e para fiscalizar os concursos estaduais já está em fase de orçamento por parte do departamento comercial. A opção livra a Band de uma forma direta de eventuais responsabilidades em relação a conflitos de interesses com candidatas ou coordenações. A emissora permanece como exibidora.
A Band exibe o concurso de Miss Brasil, o Miss Universo e concursos estaduais desde 2003. Em 2011, assumiu de forma direta, através da extinta Enter, a organização do concurso, que estava nas mãos da Gaeta, que acumulava outra franquia de concurso internacional. Com a recessão, a Band vendeu as operações do Miss Brasil em 31 de outubro de 2015 para a Polishop, mas continuou mostrando os concursos. A parceria foi encerrada no dia 18 de julho de 2019, abrindo portas para a nova direção assumir.
Das coordenações que trabalhavam com a Polishop, permaneceram com a Equipe Águia Acre, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins. Novas coordenações foram designadas para Alagoas e Amapá. Amazonas, Ceará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo estão com situações indefinidas. A expectativa é de que o Miss Brasil 2020, na melhor das hipóteses, ocorra em setembro, para facilitar os trabalhos de planejamento.
Hazzy admitiu que a nova formatação do Miss Brasil deverá ser adequada aos padrões da Endeavor, braço de entretenimento da IMG, que administra o Miss Universo desde 2015. No Brasil, a IMG opera uma agência de modelos, com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, trabalha com a área de direitos esportivos e licencia ao Grupo Globo a promoção do festival de música Lollapalooza Brasil, realizado desde 2012.
Das coordenações que já trabalham para o Miss Brasil 2020, três – Goiás, Santa Catarina e Sergipe – já elegeram candidatas. Amapá, Maranhão e Rondônia estão inscrevendo candidatas. Alagoas, Espírito Santo, Maro Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Pernambuco e Rio Grande do Norte estão elegendo suas candidatas municipais para as disputas estaduais, que deverão ter calendário definido. Roraima, que vai realizar seu concurso em fevereiro, fechou seu quadro de 19 candidatas municipais ou regionais.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s