Atrasos na definição da cidade-sede prejudicaram vendas dos direitos internacionais de transmissão do Miss Universo 2019


Endeavor corre contra o tempo para vender exibição do certame a emissoras

Da redação TV em Análise

Lillian Suwanrumpha/AFP/Getty Images/17.12.2018


A preocupação número 1 da Miss Universe Organization a partir de agora é tentar vender os direitos internacionais da 68ª edição do concurso de Miss Universo o mais rápido possível para emissoras que ainda não acertaram. A Endeavor Content, empresa encarregada de sua distribuição, teve as principais feiras de televisão para fechar as vendas do certame, mas a última grande feira do segmento, a MIPCOM, já havia acabado em Cannes. É a primeira vez que o Miss Universo se vê imerso em um problema gravíssimo de vendas de direitos de transmissão.
A conta não inclui acordos vigentes, como os da brasileira Rede Bandeirantes, da filipina ABS-CBN, da colombiana RCN, da Mexicana Azteca Uno e da venezuelana Venevisión. O problema da Endeavor é acertar a conta com programadoras pan regionais, como FOX (Ásia e Europa), LBC (Oriente Médio) e Turner (América Latina). O concurso vai ser realizado daqui a 19 dias no complexo Tyler Perry Studios, em Atlanta, e praticamente nada há mais a fazer em termos de acordos de transmissão. E o mais grave: esta edição do Miss Universo enfrenta graves problemas de credenciamento de imprensa.
Nos Estados Unidos, a transmissão será dividida entre a geração oficial em inglês da FOX e a retransmissão em espanhol da Telemundo, que começa às 19h, horário da costa leste. Os primeiros embarques de candidatas já começaram na Europa e África. A mineira Júlia Horta, 25, deixa o Brasil para participar da disputa na quarta-feira (27).
O alvo da MUO para fechar as vendas do Miss Universo 2019 são emissoras da África, América Central, Europa e Oceania. Nessas regiões, nenhuma emissora teve direitos comercializados do certame em sistema aberto. No ano passado, o concurso realizado em Bangcoc foi transmitido para 213 países e territórios. A decisão tardia e a escolha idem de Atlanta devem forçar a MUO a trabalhar com uma base menor de telespectadores.
Procuradas pela reportagem do TV em Análise Críticas, a Endeavor Content e a MUO informaram que não irão comentar sobre os problemas dos acordos de televisão, que também cobrem parte de mídias digitais, incluindo portais e serviços de streaming. No ano passado, a MUO apostou em uma repercussão estrondosa pelo “efeito Angela Ponce”. Agora, com a esculhambação instalada, parece que nem a sombra disso vai ocorrer.
Desde dezembro do ano passado, a MUO se debateu para decidir uma data adequada para a realização do Miss Universo 2019. Nas negociações com Dubai, derrotadas pelo moralismo islâmico, chegou a se trabalhar com a realização em janeiro de 2020. A FOX foi contra, devido à final da Conferência Nacional da NFL. O acordo com outra liga de futebol americano, a XFC, também foi decisivo para a não realização em março. Ou seja, o calendário de televisão americano parece ser mais decisivo para que o Miss Universo ocorra no final do ano, seja em que cidade ou país for, menos nas Filipinas.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s