Biografia de Stäel Abelha, primeira brasileira a não entrar nas semifinais do Miss Universo, em 1961, é lançada em Caratinga


Parentes e amigos da primeira mineira a vencer o Miss Brasil marcaram presença

Da redação TV em Análise
Com informações do Diário de Caratinga

Fotos Ivanir Faria/Diário de Caratinga/14.09.2019


A cidade de Caratinga (297 km a leste de Belo Horizonte) parou no início da noite do sábado, 14 de setembro, para acompanhar o lançamento da biografia Miss Stäel, que trata da trajetória da primeira mineira a vencer o concurso de Miss Brasil, Stäel Rocha Abelha, 78. Fãs foram ao Instituto Hélio Amaral, no centro da cidade, para irem atrás de cópias do livro lançado pelo jornalista que dá nome à instituição.
O autor se debruçou sobre um intenso trabalho de pesquisa, que incluiu visitas a museus, somadas à comunicação nas redes sociais. A solenidade de lançamento do livro contou com a presença de parentes e amigos da ex-Miss Brasil. A filha, Maria Augusta, que vive em Brasília, foi representada pela agente publicitária encarregada da divulgação, Maria Eugênia de Araújo. Ela leu uma mensagem escrita pela filha de Stäel: “A história de Staël será eternizada, registrada. Meus sobrinhos, netos de minha mãe e suas gerações poderão conhecê-la. Obrigada, Hélio Amaral. Obrigada Caratinga!”.
Stäel foi a primeira brasileira a não se classificar no Miss Universo. Pouco após a 10ª edição do concurso, realizada em Miami Beach, em 15 de julho de 1961, renunciou para se casar. O reinado foi completado pela gaúcha Vera Brauner (1942-2012).

SERVIÇO
Miss Stäel
Venda de exemplares: Papelaria São Paulo, rua Benedito Valadares, 18, Centro – Caratinga, MG e Instituto Hélio Amaral, avenida Monsenhor Rocha, 5, Graças – Cataringa, MG, tel. (33) 3321-7516, direto com o autor

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Cult, História, Nossas Venezuelas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s