Band deve dispensar serviços de Cássio Reis para apresentar edições do Miss Brasil e concursos estaduais a partir de 2020


Nome era indicado pela Polishop e a Equipe Águia deve estudar substituto

Da redação Tv em Análise

Reprodução/Facebook/Cássio Reis/24.07.2016


O nome do ator Cássio Reis, 42, dificilmente deverá ser aproveitado pela nova estrutura do Miss Brasil que o Grupo Bandeirantes de Comunicação está formando para a apresentação do concurso nacional e de parte dos concursos estaduais da temporada de 2020, incluindo-se o Miss São Paulo. De acordo com fontes da Rede Bandeirantes ouvidas pelo TV em Análise Críticas, a emissora avaliou que este era um nome indicado pela Polishop, que gerenciou os interesses do concurso até julho.
Com a estruturação da “Equipe Águia” para montar a nova estrutura de trabalho da etapa brasileira do Miss Universo, o nome de Cássio não está em cogitação para apresentar os certames da nova família do Miss Brasil. O time de Evandro Hazzy, 49, e de mais seis ex-misses, incluindo cinco ex-misses Brasil, entre elas Natália Guimarães, 34, deve trabalhar com nomes da própria Band para apresentar os concursos do Miss Brasil. Cássio, com trabalhos na Globo e na Record, é visto como elemento estranho. No entanto, dada a familiaridade com os certames, há na Band quem defenda sua permanência.
A decisão sobre se Cássio Reis deve ser dispensado da apresentação do Miss Brasil ou nela permanecer só deve ser tomada pela Band no primeiro trimestre de 2020. A assessoria da Band informou ao Críticas que não irá se manifesta sobre o assunto.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s