Após Hazzy falar, Band dificulta realização do Miss Brasil 2020


Emissora faz terrorismo psicológico e financeiro para prejudicar missólogos

Da redação TV em Análise

Fotos Instagram/Evandro Hazzy e Natália Guimarães


Dois dias após Evandro Hazzy, 49, se autoproclamar coordenador do Miss Brasil, a Rede Bandeirantes decidiu dar um basta às boas intenções do gaúcho e de sua turma. Em editoriais lidos nos telejornais comunitários, a emissora ressaltou que “ainda não tem previsão” de realização dos concursos estaduais e da 66ª edição do concurso de Miss Brasil, correspondente a 2020. A Band tem os direitos do Miss Brasil e da transmissão em TV aberta do Miss Universo desde 2003 e dos estaduais desde 2004. Desde 2011, a emissora também tem a representação dos interesses do Miss Universo no país.
A reação da Band veio após uma série de posts em mídias sociais, inclusive do próprio Hazzy, anunciarem a formação da “Equipe Águia”, com cinco ex-misses Brasil – Deise Nunes (RS, 1986), Flávia Cavalcante (CE, 1989), Leila Schuster (RS, 1993), Renata Bessa (MG, 1995) e Natália Guimarães (MG, 2007) – e uma ex-miss estadual – Carla Godinho (RJ, finalista do Miss Brasil 1985). Hazzy é o diretor de produção da nova estrutura proposta para o Miss Brasil e para os concursos dos Estados e do Distrito Federal. A declaração de Hazzy de que pretende privilegiar a beleza ao invés do empoderamento feminino no novo Miss Brasil pegou mal para a Band, onde Hazzy é apresentador.
Para pressionar Hazzy a abrir mão da “Equipe Águia”, a Band iniciou uma cruzada de terrorismo sobre a comunidade missológica. A emissora, que detém a concessão do Miss Universo para o Brasil e as marcas do Miss Brasil e dos estaduais, instruiu seu departamento comercial a ir atrás de anunciantes para viabilizar o pacote do Miss Brasil 2020. Várias coordenações estaduais estão preocupadas com a situação. No entanto, de acordo com o jornalista Roberto Macedo, após ouvir a ex-diretora da Enter, Vivian Negocia, a Band vai cobrar R$ 20 mil para manter as franquias estaduais. Esse valor serviria, na somatória de todas as 27 coordenações estaduais, para cobrir parte dos R$ 143 mil (US$ 35 mil) das obrigações com a Miss Universe Organization. Com as franquias estaduais e municipais, a Band espera arrecadar R$ 450 mil com o patrocínio definido.
A chantagem da Band para tentar inviabilizar o Miss Brasil 2020 talvez se explique em parte pelo planejamento antecipado que a Polishop fizera para o Miss Brasil 2019, com concursos que foram de outubro de 2018 a fevereiro de 2019. Tal planejamento fez com que muitos concursos estaduais sequer fossem televisionados. Isso forçou parte dos concursos a ser transmitida pelas mídias sociais, pegando uma audiência mais seletiva. O bom exemplo que se aplicou no planejamento do Miss Brasil 2019 veio em parte dos esforços de planejamento feitos há anos pelos estaduais do Miss USA, que ocorrem na mesma época. Enquanto a novela do Miss Brasil 2020 se desenrola, 11 candidatas estaduais à sucessão de Cheslie Kryst já foram eleitas. E para a de Júlia Horta, quantas?

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s