A balança das candidatas para o Miss Universo 2019 por região continental após a confirmação de 69 competidoras nacionais


Grupo da África e Ásia-Pacífico se fortalece

Da redação TV em Análise

Lillian Suwanrumpha/AFP/Getty Images/17.12.2018
Coreia do Sul, Guam, Guiné Equatorial, Japão e Laos: novas adições


As movimentações de concursos nacionais verificadas até a noite do sábado (7) foram decisivas para as vidas dos grupos continentais da 68ª edição do concurso de Miss Universo. Apesar de ter mais candidatas eleitas, as Américas viram seu percentual diminuir após o incremento no grupo da África e Ásia-Pacífico. Ainda assim, tem o maior número de competidoras.
As entradas da Coreia do Sul, Guam, Guiné Equatorial, Japão e Laos foram decisivas para que o grupo híbrido de África, Ásia e Oceania visse seu número de candidatas saltar de 17 para 22 após os novos concursos nacionais. Nas Américas, se somaram Barbados, Belize, Chile, Jamaica e Santa Lúcia, aumentando o quadro de 22 para 27. Na Europa, entraram Alemanha, Eslováquia, Islândia, Itália e República Tcheca, fazendo o quadro passar de 15 para 20. A distribuição dos países e territórios que já elegeram candidatas para o concurso Miss Universo 2019 por região continental, com os percentuais, está nas tabelas abaixo

ÁFRICA/ÁSIA-PACÍFICO=22 candidatas (31,88%)
África do Sul
Austrália
Camboja
China
Coreia do Sul
Filipinas
Guam
Guiné Equatorial
Indonésia
Israel
Japão
Laos
Malásia
Myanmar
Namíbia
Nepal
Nova Zelândia
Quirguistão
Serra Leoa
Tailândia
Vietnã
Zâmbia
AMÉRICAS=27 candidatas (39,13%)
Aruba
Bahamas
Barbados
Belize
Bolívia
Brasil
Canadá
Chile
Colômbia
Costa Rica
Curaçao
El Salvador
Equador
Estados Unidos
Haiti
Ilhas Cayman
Ilhas Virgens Americanas
Ilhas Virgens Britânicas
Jamaica
México
Nicarágua
Panamá
Paraguai
Porto Rico
República Dominicana
Santa Lúcia
Venezuela
EUROPA=20 candidatas (28,98%)
Albânia
Alemanha
Armênia
Bélgica
Cazaquistão
Croácia
Dinamarca
Eslováquia
Geórgia
Grã-Bretanha
Holanda
Irlanda
Islândia
Itália
Malta
Noruega
Polônia
Portugal
República Tcheca
Rússia

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Jóia da coroa, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s