EXCLUSIVO: Evandro Hazzy age nas sombras e fala em nome da Band para salvar a realização do concurso Miss Brasil 2020


Missólogo gaúcho teria entrado em contato com a área comercial da emissora para discutir orçamento e como revitalizar o Projeto Miss

Da redação TV em Análise

Fernanda Hazzy/Assessoria/Divulgação


Avesso a aparições públicas, o missólogo gaúcho Evandro Hazzy voltou à berlinda depois que acabou o acordo comercial entre a Rede Bandeirantes e a Polishop, no mês passado. Desde então, Hazzy, que já coordenou o Miss Rio Grande do Sul tenta se apossar da franquia gaúcha do Miss Universo e move seus tentáculos para convencer a Band a não desistir nem do Miss Brasil, tampouco do Miss Universo e dos concursos estaduais. Hazzy voltou a dar às caras na programação do Miss Santa Catarina 2020, concluída no sábado (24), em Balneário Camboriú (85 km ao norte de Florianópolis).
Hazzy agem em nome do Grupo Bandeirantes de Comunicação, do qual é diretor em Porto Alegre, para tentar fazer a Band manter a linha de tradição adotada a partir de 2004 com a promoção de concursos estaduais, após a organização controversa do Miss Brasil 2003. Unha e carne da Gaeta, Hazzy tem tido sucessivas conversas reservadas com a alta cúpula da Band, em São Paulo, para convencer a emissora da importância dos concursos da família do Miss Brasil, válidos pelo Miss Universo. Com Hazzy, o Rio Grande do Sul teve na era da Band cinco dos oito títulos de Miss Brasil sob sua gestão.
Com 130.065 seguidores, Hazzy barrou os comentários de sua conta no Instagram. Não quer ser incomodado. Sua página no Facebook já foi tirada do ar. Para o “mago das misses”, a discrição parece ser a política mais apropriada para quem tenta manter o Miss Brasil vivo com o auxílio de patrocinadores. Hazzy tem fortíssima influência junto às grandes agências e anunciantes. Ex-funcionário da RBS TV (afiliada da Rede Globo), Hazzy tenta colocar uma ducha de água congelada nas pretensões da tevê da famíglia Marinho. Hazzy não quer que suas misses apareçam no Fantástico. As lições aprendidas com o linchamento que sofreu com o caso de Joseane Oliveira, em fevereiro de 2003, o fizeram se afastar do eixo Estúdios Globo/Projac-Jardim Botânico.
Alérgico à GloboNews, Hazzy é bolsonarista de primeira hora desde as manifestações de 2015, que resultaram no golpe parlamentar que derrubou a então presidenta Dilma Rousseff. Mais sombrio que o Queiroz do Flávio Bolsonaro, Hazzy se esconde nas cânforas virtuais para fazer a Band voltar atrás na decisão relativa aos concursos de misses. Ele vê a Polishop como um câncer para o desenvolvimento dos concursos de misses no país. Hazzy tem como guru básico o refugiado Osmel Sousa, que trocou o combalido Miss Venezuela para revitalizar etapas do Miss Universo nos vizinhos Argentina e Uruguai.
Cercado de uma assistente e de uma assessora de imprensa, Evandro Hazzy tenta fazer fluir a comunicação (ainda falha) de informações sobre a organização do Miss Brasil 2020, que de certo já não terá mais o selo da Polishop. Televisão? Band, com certeza. Isso, no modo hazzyiano de pensar o meio miss no país de 37 classificações no Miss Universo, incluindo os títulos de Ieda Vargas e Martha Vasconcellos, na década de 1960.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Poderes ocultos, Projetos especiais e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s