Coordenação de Bangladesh informa a data do Miss Universo 2019 para 18 de dezembro, em Seul. FOX e MUO não confirmam


Programação oficial das candidatas deve começar no dia 10 de dezembro

Da redação TV em Análise

Getty Images


A coordenação do concurso Miss Universo Bangladesh informou em comunicado sobre a abertura de inscrições para a etapa nacional publicado na manhã desta quinta-feira (8) que a 68ª edição do concurso de Miss Universo deverá ser realizada na manhã de 19 de dezembro (noite de 18 de dezembro, pelo horário de Brasília), em Seul, em local ainda a ser definido. A informação não é confirmada nem pela Miss Universe Organization, tampouco por sua geradora, a FOX.
No mês passado, o empresário filipino Chavit Singson, 78. anunciara que tinha desistido de financiar a realização do Miss Universo 2019 na capital sul-coreana por falta de grupos interessados. Seul no entanto deve estar recebendo o apoio de outros investidores que não a LCS de Chavit. A MUO mantém sigilo sobre quem está negociando a realização desta edição do certame na Coreia do Sul. O país já recebera o Miss Universo em 1980.
A etapa bengalesa do Miss Universo 2019 está marcada para outubro.
Até agora, 43 países e territórios elegeram ou aclamaram candidatas para o Miss Universo 2019. A última a ser eleita foi a paraguaia Ketlin Lottermann, 26, da cidade de Santa Rita (68 km ao sudoeste da capital do departamento de Alto Paraná, Cidade do Leste, e 340 km a oeste da capital do país, Assunção). Bangladesh fará sua estreia no Miss Universo.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s