Dubai está fora dos planos para sediar o Miss Universo 2019, mas permanecerá como ponto de conexão para as candidatas


Anúncio foi feito por Chavit Singson a uma emissora filipina de TV

Da redação TV em Análise

Getty Images


A cidade de Dubai (Emirados Árabes) está oficialmente fora dos planos da Miss Univere Organization para sediar a 68ª edição do concurso de Miss Universo. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (25) pelo empresário filipino Chavit Singson, 78, que comanda as negociações para realizar o evento na Ásia. Em dezembro passado, Chavit chegou a considerar a hipótese de se fazer o Miss Universo 2019 em Seul, mas as baixas temperaturas de dezembro (mês de realização do concurso do ano passado) na capital sul-coreana, associadas ao desinteresse de empresários e do governo local, foram decisivas para retirar a oferta.
Em entrevista ao programa TV Patrol, da rede ABS-CBN, Chavit disse que uma das razões para a desistência de realizar o Miss Universo 2019 em Dubai foi a resistência de investidores locais em manter a prova de trajes de banho, proibida pelas tradições islâmicas. Outros pontos que foram agravantes para a MUO tirar a sede de Dubai foram o não reconhecimento do Estado de Israel por parte dos Emirados Árabes e a ausência de um concurso nacional obrigatório ou da aclamação obrigatória de uma candidata. Com o não reconhecimento de Israel pelos Emirados Árabes, as candidatas do país ao concurso são obrigadas a fazer conexão em Istambul (Turquia) para seguirem viagem para a cidade que sediar a disputa, seja em que continente for. Israel participa assiduamente do Miss Universo desde sua criação, em 28 de junho de 1952, em Long Beach.
No entanto, Dubai vai permanecer como ponto de apoio e conexão das candidatas que seguirem das Américas para a Ásia (no caso de o concurso ocorrer em Manila) ou da Ásia para os Estados Unidos (caso o concurso ocorra em alguma cidade americana). O Aeroporto Internacional da cidade exerce essa função no Miss Universo desde 2013. As negociações para o Miss Universo 2019 ocorrer em Manila estão bastante adiantadas. A previsão é de que o certame aconteça na manhã do domingo, 26 de janeiro de 2020 (noite do sábado, 25 de janeiro de 2020, pelo horário de Brasília). A decisão final sobre a data dependerá de confirmação da FOX, emissora americana que gera o concurso.
Além de Manila, Santo Domingo é outra cidade que tenta receber o concurso.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s