FOX e MUO devem bater o martelo e dar a palavra final sobre a data do Miss Universo 2019, previsto para acontecer em Seul


Duas datas estão em debate, 16 de dezembro e 19 de dezembro, de manhã, na hora local

Da redação TV em Análise

Lillian Suwanrumpha/AFP/Getty Images/17.12.2018
Expectativa é de que 80 candidatas participem da disputa


A rede de televisão FOX e a Miss Universe Organization já iniciaram os estudos para a marcação da data da 68ª edição do concurso de Miss Universo, prevista para acontecer em Seul. Duas datas estão na mesa de discussão para a realização do certame. A primeira delas, 19 de dezembro (quinta-feira, 18 de dezembro, quarta-feira, pelo horário nobre americano) é a mais improvável, devido a compromissos de programação da emissora.
Já a segunda data em discussão, a da segunda-feira, 16 de dezembro (15 de dezembro, pelo horário nobre americano), é a mais provável de acontecer, pois para o mercado dos Estados Unidos, ocorreria num domingo e teria três horas de duração e não duas, caso ocorra no meio de semana. Desde 2014, o Miss Universo tem tido duração mais longa que as que tem sido adotadas desde que passou a ser televisionado anualmente, em 1960.
As negociações para a capital sul-coreana receber o concurso pela segunda vez ainda estão em fase inicial. Em dezembro do ano passado, o empresário filipino Chavit Singson, 78, sinalizara a uma rádio de Manila sua intenção de financiar a realização do certame na Coreia do Sul. A presidenta da MUO, Paula Shugart, no entanto, evita tocar no assunto. Certa mesmo é a permanência de Steve Harvey, 62, como apresentador da final televisionada para 190 países e mostrada por streaming para outros 23.
Seul recebeu o concurso Miss Universo uma única vez, na manhã de 8 de julho de 1980 (7 de julho pelo horário nobre americano). Naquela ocasião, 69 candidatas concorreram ao título, vencido pela americana Shawn Weatherly, então com 20 anos. A expectativa é de que esse número seja superado para o Miss Universo 2019 caso seja realizado em território sul-coreano. De acordo com projeção do TV em Análise Críticas, 80 países e territórios estão confirmados na disputa até a manhã do domingo (14). Destes, 34 já elegeram ou aclamaram candidatas, o que equivale a 42,5% do total previsto.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s