Polishop ‘abandona’ as mídias sociais do concurso Miss Brasil


Impasse de patrocínio emperra divulgação de concurso nacional e atividades de reinado

Da redação TV em Análise

Isaac Freitas/Divulgação


Quatro meses após a eleição da mineira Júlia Horta, 25, como Miss Brasil 2019, a patrocinadora do concurso, a Polishop, parou as atualizações das redes sociais da etapa brasileira do Miss Universo. No Instagram , a última atividade foi um Fala Miss com Horta publicado no dia 27 de junho. No Facebook, a última atualização ocorreu em 30 de abril. Desde então, as informações sobre alguns concursos estaduais tem sido dadas pelas redes sociais das coordenações. As atividades de reinado da Miss Brasil 2019 tem sido informadas nas redes sociais de Júlia Horta, monitoradas por sua assessoria.
Contribuiu para a desaceleração das atividades do Miss Brasil nas mídias sociais o impasse nas negociações entre a Rede Bandeirantes e a empresa de varejo, que culminou no encerramento da parceria e na devolução da licença do Miss Universo no Brasil à Endeavor por parte da emissora, depois de 16 anos. Contratualmente, a Band tem a obrigação de transmitir o Miss Universo 2019, previsto para novembro, em Seul.
Horta é a candidata nacional do Miss Universo 2019 com o maior número de seguidores no Instagram. Até à noite do domingo (7), ela tinha 368.590 seguidores na rede social. Desde sua eleição, a mineira cumpriu 20 ações de marketing que salvam a divulgação de seu reinado e tentam bancar as despesas de sua inscrição no concurso internacional. O Brasil está sem vencer o Miss Universo há 51 anos. Júlia é favorita ao título em cinco de cada dez perfis dedicados a concursos de beleza nas mídias sociais.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s