Band começa a desmontar a equipe dos concursos de misses


Profissionais serão transferidos para o esporte

Da redação TV em Análise

Rodrigo Trevisan/Band/MissBrasil/Divulgação/09.03.2019


A Rede Bandeirantes deu um indicativo claro de que pretende acabar com as transmissões de concursos de beleza já a partir deste ano. Além de devolver à Endeavor os direitos do Miss Universo, a emissora já iniciou um movimento para desvincular profissionais da área de eventos dos concursos de misses, depois da terceirização da produção do Miss Brasil e dos concursos estaduais para a Polishop, em 2015.
A Band não admite, mas muitos de seus diretores estão céticos de que Júlia Horta, 25, traga, na opinião dos executivos, algum resultado na 68ª edição do concurso de Miss Universo. Desde 2015, a emissora tem tido prejuízos anuais de R$ 20 milhões com o escopo de concursos. Só com o Miss Universo, a Band perdeu cerca de R$ 9,5 milhões em cotas não comercializadas, exatamente por conta das barreiras da Polishop, que impediram um faturamento maior com as transmissões do certame ao longo dos anos.
Dentro da Band, há um movimento para transferir os profissionais que participavam das transmissões de concursos estaduais e do Miss Brasil para outros núcleos da casa, a começar do Esporte, cuja expectativa de faturamento é maior. Entre muitos missólogos, há a apreensão com as mudanças que a Band vem promovendo em direções regionais, que tenderão a seguir a nova diretriz da rede – zero de misses e mais esportes. As retóricas do Miss Brasil que a Polishop venda para a petralhada da Rede Globo. Não interessa à Band comprar mais as causas da Miss Universe Organization. A Band vive outro momento, de rever os custos para decidir que eventos ficam ou não.
O que também irrita parte dos diretores da Band é a petização de vencedoras do Miss Brasil em anos recentes, como a piauiense Monalysa Alcântara. As fotos dela recebendo homenagens do governador Wellington Dias em 2017 foram a gota d’água na relação com a Polishop. A ala anti-miss da Band, mais bolsonarista, quer outro tipo de evento para engrandecer a mulher brasileira. Pensa que concurso de beleza é sinônimo de doutrinação ideológica do Pequeno Príncipe com discursos de Karl Marx e Frederich Engels. Defende que lugar de concurso de beleza é na Venezuela ou na Colômbia, centros de referência. Acha que a mulher brasileira deve ser engrandecida com discursos de cidadania, lastreados nas baixarias de Olavo de Carvalho e Carlos Bolsonaro via Twitter, mais os tontos e sonsos do Movimento Brasil Livre (MBL) Fernando Holiday e Kim Kataguiri. O que a Band quer não é título de Miss Universo e sim imbecilizar as telespectadoras.
Entre os profissionais a serem atingidos está Renata Fan, miss Brasil de 1999 e apresentadora do Jogo Aberto. Fan, 41, apresentou as transmissões de estúdio da Band do Miss Universo de 2007 a 2010 e de 2013 a 2018, a maioria delas ao vivo.  Como ex-miss, Renata Fan corre risco de ficar privada de narrar seu principal evento fora do esporte. Tinha essa aspiração desde que se formou em sua cidade natal, Santo Ângelo (RS). Fan corre o risco de ficar com a réstia de eventos esportivos que a Band adiquirir.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Podres poderes, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s