Rede social da coordenação gaúcha do Miss Brasil da Polishop é retirada do ar em meio a impasse nas negociações com Band


Instagram do Miss Rio Grande do Sul tinha milhares de seguidores

Da redação TV em Análise

Instagram/Bianca Scheren/16.02.2019
Imagem compartilhada pela Miss Rio Grande do Sul 2019, Bianca Scheren, do agora extinto perfil da coordenação gaúcha do Miss Brasil no Instagram


A primeira baixa nas redes sociais das coordenações estaduais do Miss Brasil que eram vinculadas à Polishop já pôde ser notada na noite desta terça-feira (4). O Instagram do concurso Miss Rio Grande do Sul foi tirado do ar sem nenhum aviso. A retirada da mídia social do concurso gaúcho é a primeira grande consequência da crise nas negociações da renovação ee patrocínio do Miss Brasil por parte da Polishop junto à Rede Bandeirantes, que não deve acontecer para o ciclo de 2020, que está ameaçado na maioria dos Estados.
O concurso gaúcho do Miss Brasil era coordenado por Marcelo Soes, diretor de licenças estaduais da etapa brasileira do Miss Universo indicado pela Polishop. A Band já sinalizou à Endeavor, dona da Miss Universe Organization, que vai devolver a licença de representação do Miss Universo no Brasil. Essa situação só aumenta o interesse da Rede Globo em assumir os direitos do Miss Brasil e do Miss Universo, apesar de ter registrado prejuízos em seu balanço de 2018, que chegaram a R$ 11 bilhões.
A extinta conta de Instagram do concurso Miss Rio Grande do Sul Be Emotion, como era chamado pelo naming right dado pela Polishop, tinha mais de 10 mil de seguidores.
Até agora, a única coordenação estadual que está com data marcada de seu concurso estadual para o Miss Brasil 2020, que corre o risco de mudar de mãos (e de emissora) é a de Santa Catarina, que fará seu certame no dia 24 de agosto, em Balneário Camboriú.
Os perfis de Instagram das outras 26 coordenações do Miss Brasil vinculadas à Polishop continuam no ar, pois são mantidos pelos coordenadores estaduais licenciados. A Band tem contrato direto com a Miss Universe Organization desde setembro de 2011. Em novembro de 2015, a emissora passou para a Polishop os direitos de exploração comercial da marca do Miss Brasil, bem como sua organização nacional e nos Estados e no Distrito Federal. A licença brasileira do Miss Universo, no entanto, continuou com a Band, que já vinha transmitindo o concurso desde 2003, através de acordo com a Gaeta, então representante dos interesses do Miss Universo e de mais dois concursos internacionais.
A Polishop diz ainda estar negociando com a Band a antecipação da renovação de patrocínio do Miss Brasil, que vence em novembro de 2020. A Band, por sua vez, informou que não vai se pronunciar sobre a negociação com a Polishop, alegando sigilo comercial e enfatizando também o fato de o Miss Brasil 2019 ter ocorrido em 9 de março. A emissora diz estar crente em uma solução para a manutenção dos concursos de misses na sua grade, que seja compatível com o momento econômico conturbado que enfrenta – tem dívidas de mais de R$ 1,2 bilhão, que incluem direitos de eventos como o próprio Miss Universo e as obrigações assumidas junto à Miss Universe Organization, bancadas pela Polishop desde 2016. A empresa de varejo diz ter investido R$ 35 milhões no Miss Brasil, mas nada teria recebido da Band em troca pelos direitos de transmissão.

Captura de tela/Instagram
Página do Miss Rio Grande do Sul Be Emotion está fora do ar deste a terça-feira (4)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s