Avaliada em US$ 6 bilhões, empresa dona do concurso de Miss Universo fará oferta pública inicial de ações na Bolsa de N.York


Endeavor foi avaliada pelo Goldman Sachs

Da redação TV em Análise

Ted Alibe/Getty Images/29.01.2017


No mercado de concursos de beleza desde 2015, a Endeavor Group anunciou na quarta-feira (23) que fará uma oferta pública inicial de ações na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês). O anúncio foi publicado pelo jornal New York Post.
Com valor de mercado estimado em US$ 6 bilhões, a Endeavor tinha uma dívida de US$ 4,6 bilhões, amortizada após a compra da William Morris Agency, em 2009. A partir de então, o império controlado por Ari Emanuel, 58, e Patrick Whitesell, 54, só cresceu com a aquisição da International Management Group (IMG), em 2013, por US$ 2,4 bilhões. Em 14 de setembro  de 2015, numa transação mais barata, de US$ 28 milhões, comprou a Miss Universe Organization do então pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos Donald Trump, 72. No ano seguinte, comprou de Dana White o Ultimate Fighting Championship (UFC), entidade de artes marciais mistas co-fundada pelo carioca Ronion Gracie, 67, em agosto de 1993 com mais cinco sócios norte-americanos.
Na NYSE, a Endeavor vai operar com o código EDR para emissão de ações ao público. A avaliação financeira da dona do Miss Universo foi feita pelo banco Goldman Sachs. No ano passado, a Endeavor registrou vendas de US$ 231,3 milhões de um total de US$ 3,6 bilhões, impulsionado pela venda de ativos. No entanto, empréstimos de US$ 277 milhões resultaram em perdas de US$ 107 milhões em prejuízo operacional.
Além do Miss Universo, a Endeavor também é dona do Miss USA e Miss Teen USA, que tiveram suas programações integradas no ano passado, agência de talentos, agência de modelos, empresa de marketing esportivo, empresa de distribuição de direitos esportivos e a representação dos interesses da National Football League (NFL). No ano passado, a IMG foi dividida em dois braços, o de entretenimento (Endeavor) e esportes (IMG).
Na área esportiva, além do UFC, a IMG também é proprietária da Euroliga de basquete e da PBR, principal liga profissional de rodeios dos Estados Unidos.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s