Apenas a TNT está com transmissão assegurada do concurso Miss Universo 2019 para o Brasil enquanto Band tenta negociar


68ª edição do concurso espera definição de data e cidade-sede

Da redação TV em Análise
Com informações do Brazil Journal

Lillian Suwanrumpha/AFP/Getty Images


Se a Rede Bandeirantes está se contorcendo para pagar as obrigações junto à Endeavor, por outro lado a transmissão da 68ª edição do concurso de Miss Universo para o Brasil segue apenas com o canal pago TNT enquanto a emissora aberta tenta uma solução para o caso do patrocínio do Miss Brasil, que leva ao concurso internacional. O impasse, no entanto, não impede que a Band transmita o Miss Universo 2019, mas a emissora terá de fazer captação de novos patrocinadores para o Projeto Miss 2020, caso a Polishop saia. A Polishop, por sua vez, diz estar negociando a antecipação da renovação do patrocínio do Miss Brasil, que vence em novembro de 2020, por mais cinco anos.
Na TV fechada, a TNT transmite o Miss Universo desde 2005. A data e a cidade-sede do Miss Universo 2019 deverão ser definidas até o final de julho, de acordo com fontes. O Brasil já elegeu a mineira Júlia Horta, 25, com bastante antecedência em relação a potências como Filipinas, Porto Rico e Venezuela, que ainda farão seus certames.
Até agora, 19 candidatas nacionais já foram eleitas para o Miss Universo 2019, inclusive Cheslie Kryst, 28, natural de Charlotte (Carolina do Norte), eleita Miss USA 2019 na quinta-feira (2), em Reno (norte de Nevada). Cheslie foi a terceira representante da Carolina do Norte a vencer o Miss USA e tem grandes chances de classificação. Ja Júlia é mais favorita ao título entre missólogos, inclusive das Filipinas, país de Catriona Gray, 25, que deverá coroar e enfaixar a sucessora ao final do concurso, cotado para ser em Seul. A data mais provável de realização é na manhã de 4 de novembro, pelo horário local, para atender à demanda de transmissão ao vivo em horário nobre para os Estados Unidos.
As dívidas da Band, estimadas em R$ 1,2 bilhão, são um empecilho para que a emissora vá mais adiante com seu projeto de misses, iniciado em 2003, ainda na época da Gaeta. Em dezembro de 2010, montou uma empresa de eventos, a Enter, para organizar os concursos estaduais, o Miss Brasil e dar suporte à Miss Universe Organization na promoção da 60ª edição do Miss Universo, realizada em 12 de setembro de 2011, em São Paulo. Envolvida em denúncias de corrupção em concursos estaduais, a Band iniciou no final de 2015 uma operação de desmonte da Enter, com a venda da promoção do Miss Brasil para a Polishop. A Enter encerrou suas atividades em janeiro de 2016, com um rombo milionário e sem nenhum legado colhido após o Miss Universo 2011. Para piorar, as brigas no clã Saad contribuem para azedar ainda mais as relações da Band com a Miss Universe Organization, que já foram melhores na gestão de Donald Trump e só pioraram depois de sua venda para a International Management Group, em setembro de 2015.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s