Eleição de Catriona Gray como Miss Universo 2018 fez Filipinas acertarem contas com um passado de 2 fracassos em Bangcoc


Elizabeth Berroya e Gionna Cabrera não se classificaram em 1992 e 2005

Da redação TV em Análise

Fotos Miss Universe Organization/Divulgação


A eleição de Catriona Elina Magnayon Gray, 25, como Miss Universo 2018 na manhã de 17 de dezembro do ano passado na IMPACT Arena, em Bangcoc, serviu para as Filipinas acertarem as contas com um passado de hostilidades na capital tailandesa. As desclassificações de Elizabeth Berroya, em 9 de maio de 1992, e Gionna Cabrera, 36, em 31 de maio de 2005, estavam entaladas nas gargantas das Catrionans, que nem nascidas eram ou estavam no berçário ou no jardim de infância. Aguentar um passado de desclassificações em Bangcoc era demais para quem enfrentou 11 anos sem classificações no Miss Universo e viu os anos 2000 passarem em branco.
Quando Berroya esteve em Bangcoc, o Miss Universo estava no terceiro ano da panelinha 10-6-3, uma variação piorada do sistema de classificação de semifinalistas que vigorava desde 1984. No primeiro ano de vigência do sistema 10-5, Desiree Verdadero ficou em quarto lugar em Miami. Em 1987, Geraldine Asis ficou entre as 10 semifinalistas, em Cingapura. Desde que Miriam Quiambao obteve a última classificação em 1999, ficando na segunda colocação em Chaguaramas, as Filipinas só veriam a luz sair do túnel de classificações adotado pela gestão de Donald Trump a partir de 2003 no concurso de 2010. Naquele ano, Maria Venus Raj ficou na quinta colocação em Las Vegas.
A classificação de Venua Raj abriu as portas para o novo eldorado missológico em que as Filipinas se transformariam nos anos 2010 na Ásia. Com 100% de aproveitamento na década, incluindo os dois títulos conquistados no período, as Filipinas encerraram uma seca de 42 anos sem títulos em 2015, após a bravata de Steve Harvey. Pia Wurtzbach transformou as ruas de Manila e Quezón City num sanatório geral, a ponto de se decretar feriado nacional. Pasay levou a sede do Miss Universo 2016, marcado para 30 de janeiro de 2017, derrotando outras cinco cidades do país. Na crise dos anos 2000, os direitos de transmissão do Binibining Pilipinas e do Miss Universo acabaram rachados. Até 2010, o primeiro era da GMA Network e o segundo era (e ainda é) da líder ABS-CBN.
O “efeito Venus Raj” fez acirrar a guerra pelos direitos de transmissão dos principais concursos de beleza do mundo nas televisões filipinas. Em 2011, a ABS-CBN ficou com o Bibibining Pilipinas e com o Miss Universo e a GMA com o Miss Terra e concursos menores. A franquia filipina do Miss Universo é uma das mais caras, segundo especialistas. Um contraste se comparado à desvalorização do Miss Brasil no período, capenga em números de audiência e asfixiado por um único patrocinador. Na mesma linha, o Brasil de Maria Carolina Otto e Carina Beduschi encontrou em Mayra Dias sua redenção na capital tailandesa e os Estados Unidos de Shannon Marketic e Chelsea Cooley levaram Sarah Rose Summers para apenas cumprir tabela entre as 20 semifinalistas.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em História, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s