58 candidatas ao Miss Universo 2019 estarão eleitas até o final de agosto, de acordo com calendários de concursos nacionais


Movimentação deverá tomar forma entre julho e agosto, com a realização de 27 certames

Da redação TV em Análise

Miss Universe Australia/Divulgação
Candidatas do Miss Universo Austrália 2019, que acontece em junho


O calendário de concursos nacionais do Miss Universo 2019 para a metade do ano já começa a tomar contornos de definição de boa parte do quadro de candidatas da 68ª edição do certame, que espera pela definição de sua cidade-sede e data. Para junho, estão previstos 10 concursos nacionais. Em julho e agosto, a movimentação de certames tende a aumentar. Serão 13 concursos nacionais num mês e 14 noutro.
Com as 21 candidatas que deverão estar eleitas até o final de maio, o quadro de candidatas do Miss Universo 2018 deverá chegar a 58 candidatas até o final de agosto. Os calendários de setembro e outubro ainda estão em fase de formação.
A possibilidade de realização do Miss Universo 2019 no início de novembro, em Seul, deverá ser fatal para uma expectativa de um número maior de candidatas em relação ao registrado no ano passado em Bangcoc, quando 94 competidoras disputaram o título. Qualquer decisão que a Miss Universe Organization tomar será crucial para as coordenações que ainda não se planejaram para o concurso deste ano.

COORDENAÇÕES QUE ELEGERÃO CANDIDATAS EM MAIO
México Myanmar
COORDENAÇÕES QUE ELEGERÃO CANDIDATAS EM JUNHO
Albânia
Angola
Austrália
Áustria
Dinamarca
Filipinas
Holanda
Panamá
Porto Rico
Tailândia
COORDENAÇÕES QUE ELEGERÃO CANDIDATAS EM JULHO
Armênia
Aruba
Bolívia
Canadá
Costa Rica
El Salvador
Equador
Grã Bretanha
Japão
Malta
Namíbia
Portugal
Santa Lúcia
COORDENAÇÕES QUE ELEGERÃO CANDIDATAS EM AGOSTO
África do Sul
Coreia do Sul
Ilhas Virgens Americanas
Ilhas Virgens Britânicas
Índia
Irlanda
Islândia
Jamaica
Maurício
Nova Zelândia
Noruega
República Dominicana
República Tcheca
Venezuela

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Jóia da coroa, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s