Sem classificar desde 1982, Vermont arrasta o mais longo jejum de títulos entre 31 coordenações estaduais para Miss USA 2020


Estado está há 65 anos sem vencer

Da redação TV em Análise

Fotos e captura de tela Miss Universe Organization/Divulgação


Se no Brasil, Mayra Dias acabou com a seca prolongada de 61 anos sem títulos para o Amazonas no ano passado, o mesmo não se deve dizer, no Miss USA, para o pequeno Estado de Vermont, que para a 69ª edição do concurso de Miss USA, a dser realizada no próximo ano, arrasta um jejum de 65 anos sem vitórias. A única ocorreu em 1955, quando Carlene King Johnson (1932-1969) ficou entre as 15 semifinalistas, em Long Beach. Para piorar, o Estado está há 38 anos sem obter classificação alguma na etapa americana do Miss Universo. A última foi obtida por Georgia Davis, em 1982, em Biloxi (Mississippi), ao ficar entre as 12 semifinalistas. Bethany Garrow, 20, candidata do Estado no Miss USA 2019, foi a Reno (norte de Nevada) apenas para passear.
Das 51 coordenações estaduais do Miss USA, 32 saíram com ao menos um título desde a criação do concurso, em 1952, em Long Beach, o que equivale a 62,74% do total. No Miss Brasil, esse percentual é de 59,25%, englobando 16 das 27 coordenações. Iowa, que classificou Baylee Drezek, 21, entre as 15 semifinalistas tem o segundo maior jejum de títulos – está sem vencer desde 1956, ano que Carol Morris venceu o Miss Universo.
O TV em Análise Críticas verificou os históricos de classificações das 51 coordenações estaduais do Miss USA e chegou à tabela detalhada de jejuns de títulos de cada Estado na etapa americana do Miss Universo.  À exceção da Carolina do Norte, Estado da atual detentora do título, Cheslie Kryst, os jejuns de títulos das outras 31 coordenações com títulos de Miss USA para a 69ª edição do concurso, a ser realizada em maio de 2020, são estes

AS SECAS DE VITÓRIAS DE ESTADOS NO MISS USA PARA 2020
Vermont carrega o mais longo jejum de títulos
Estado/UF Ano do último título Tempo de jejum (em anos)
Vermont 1955 65
Iowa 1956 64
Maryland 1957 63
Utah 1960 60
Alabama 1967 53
Washington 1968 52
Virgínia 1970 50
Pensilvânia 1971 49
Illinois 1974 46
Minnesota 1976 44
Ohio 1981 39
Arkansas 1982 38
Novo México 1984 36
Kansas 1991 29
Carolina do Sul 1994 26
Luisiana 1996 24
Havaí 1997 23
Nova York 1999 21
Massachusetts 2003 17
Missouri 2004 16
Kentucky 2006 14
Tennesseee 2007 13
Texas 2008 12
Michigan 2010 10
Califórnia 2011 9
Rhode Island 2012 8
Connecticut 2013 7
Nevada 2014 6
Oklahoma 2015 5
Distrito de Columbia 2017 3
Nebraska 2018 2

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Jóia da coroa, Numb3rs, Outras Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s