O panorama geral das classificações entre as semifinalistas e os aproveitamentos dos Estados no Miss Brasil de 1954 a 2019


Sem classificação, MS cai três posições

Da redação TV em Análise

Instagram/Priscilla Vacchiano/06.03.2019


O fracasso de Priscilla Vacchano, 24, no Miss Brasil 2019 custou caro ao Mato Grosso do Sul no quadro de aproveitamentos estaduais na etapa brasileira do Miss Universo. Da 12ª colocação nos aproveitamentos verificados de 1054 a 2018, o Estado caiu para a 15ª colocação, com aproveitamento de 36,84%. Foi a 38ª participação do Estado no Miss Brasil desde sua criação, em 1979.
Com o fracasso Vacchiano, Amazonas e Rio Grande do Norte, que classificaram suas candidatas, subiram posições. O Amazonas de Lorena Alencar, 26, subiu da 14ª para a 13ª colocação no quadro de aproveitamentos do Miss Brasil entre 1954 e 2019. Já o Rio Grande do Norte de Erika Fontes, 24, passou da 15ª para a 14ª colocação. Pernambuco (11ª para a 10ª) e Goiás (10ª para a 11º), que também não classificaram candidatas, inverteram as posições, baseados na quantidade de classificações de cada Estado. A de Pernambuco pesou mais para essa inversão, apesar do fracasso de Bárbara Souza, 22.
Antes mesmo da vitória de Júlia Horta, 24, Minas Gerais contabilizou sua 52ª classificação em 62 participações no Miss Brasil, iniciadas em 1955. O Estado da próxima representante brasileira no Miss Universo tem o segundo maior aproveitamento (83,87%), atrás apenas de São Paulo (89,06%), que também classificou candidata (Bianca Lopes, 22), tanto entre as semi quanto as finalistas. Abaixo, as estatísticas atualizadas de aproveitamento das 27 unidades da Federação após o Miss Brasil 2019

 
Posição Estado Classificações Participações Aproveitamento %
1 SP 57 64 89,06
2 MG 52 62 83,87
3 RJ 55 64 85,93
4 RS 55 65 84,61
5 PR 41 62 66,12
6 SC 41 63 65,07
7 BA 37 64 57,81
8 DF 31 58 53,44
9 MT 27 60 45,00
10 PE 28 63 44,44
11 GO 27 64 42,18
12 CE 25 63 39,68
13 AM 24 62 38,70
14 RN 23 62 37,09
15 MS 14 38 36,84
16 PA 20 62 32,25
17 ES 20 63 31,74
18 TO 7 28 25,00
19 PB 14 62 22,58
20 SE 9 61 14,75
21 AC 7 57 12,28
22 RO 6 50 12,00
23 MA 7 61 11,47
24 AL 7 62 11,29
25 PI 7 61 11,47
26 AP 5 53 9,43
27 RR 3 50 6,00

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s