Daqui a 20 dias, 11 Estados buscam título inédito de Miss Brasil


Eles tentarão repetir o feito de Monalysa Alcântara, há dois anos, em Ilhabela

Da redação TV em Análise

Cristina Novinsky/Futura Press/Estadão Conteúdo/19.08.2017


Dos 26 Estados que terão candidatas na 65ª edição do concurso de Miss Brasil, a ser realizada daqui a 20 dias, em São Paulo, 11 tentarão o feito e a proeza de conquistar um título inédito e colocar um deles na vitrine do concurso de Miss Universo. Destes, o que mais vezes ficou próximo do título foi Pernambuco, que obteve quatro segundos lugares entre 1958 e 2002. Goiás bateu na trave por três vezes, em 1979, 1987 e 2003. Roraima, Rondônia e Acre viram a coroa chegar perto em 1996, 1998 e 2006, mas viram suas candidatas ficar na segunda colocação.
Com dois terceiros lugares, o Espírito Santo vai tentar emplacar uma candidata entre as três finalistas tal como aconteceu com Stephany Pim em 2017. Para Thainá Castro, não será uma missão nada fácil. Com dois terceiros lugares, o Maranhão de Anna Carolina Sousa vai tentar superar o feito de Deise Dianne em 2014, em Fortaleza. Com um quarto lugar como melhor colocação, a Paraíba que vai fechar o ciclo de concursos estaduais na quarta-feira (20) deve ir para o Miss Brasil 2019 com uma missão mais complicada. Veja na arte abaixo que Estados não viram a cor da coroa de Miss Brasil até 2018

Em 19 de agosto de 2017, Monalysa Alcântara, 20, fez o Piauí se juntar ao clube de Unidades da Federação que tem ao menos um título de Miss Brasil. Já faziam parte desse time 15 unidades da Federação: Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Riuo Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. No caso do Rio, foram incorporados os títulos do antigo Distrito Federal e do Estado da Guanabara.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s