Brasil é o sexto país com mais classificações consecutivas no Miss Universo e se iguala à Finlândia após o concurso de 2018


Foram pesquisados os desempenhos de 49 países e territórios ativos junto à MUO

Da redação TV em Análise

Lillian Suwanrumpha/AFP/Getty Images/13.12.2018


O Brasil saiu da 67ª edição do concurso de Miss Universo, realizada há 22 dias, em, Bangcoc, com o sexto maior recorde de classificações consecutivas entre 49 países pesquisados pelo TV em Análise Críticas que tiveram ao menos duas classificações consecutivas entre 1952 e 2018. A classificação da amazonense Mayra Dias, 27, entre as 20 semifinalistas na repescagem continental fez com que o país se igualasse à Finlândia nesse quesito. O país europeu obteve essa marca entre 1962 e 1969, anos em que o Miss Universo ocorreu em Miami Beach (Flórida).
Os Estados Unidos são o país com mais classificações consecutivas – 22 registradas entre 1977 e 1999, seguidos da Venezuela, com as 21 verificadas entre 1983 e 2004. A Índia tem a terceira melhor marca, com as 11 classificações obtidas entre 1992 e 2002. Na quarta colocação está a Alemanha, com as dez classificações obtidas entre 1952 e 1961. A quinta colocação é das Filipinas, com as nove classificações obtidas entre 2010 e a eleição recente de Catriona Gray, 25, que deu ao país o tetracampeonato no concurso. Os países apresentados nesta relação são os que estão ativos junto à Miss Universe Organization

OS 49 PAÍSES COM MAIS CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS NO MISS UNIVERSO
Até a 67ª edição do concurso, realizada em 17 de dezembro de 2018
Posição País Classificaçõesl Período Total
1 USA 22 1977-1998 62
2 VEN 21 1983-2003 43
3 IND 11 1992-2002 22
4 GER 10 1952-1961 21
5 PHI 9 2010-2018 24
6 BRA 8 2011-2018 37
FIN 8 1962-1969 21
8 SWE 7 1964-1970 29
9 COL 6 1973-1978 34
ISR 6 1964-1969 20
11 AUS 5 2008-2012 19
GRE 5 1956-1960 18
JPN 5 1969-1973 19
KOR 5 1959-1963 8
MEX 5 2004-2008 19
16 ARG 4 1954-1957, 1961-1964 16
CZE 4 2007-2010 6
FRA 4 2009-2012 19
INA 4 2013-2016 6
THA 4 2015-2018 11
TRI 4 2003-2006 8
22 RSA 3 1998-2000, 2008-2010 23
CAN 3 1980-1982, 2016-2018 19
CHI 3 1985-1987 13
DEN 3 1965-1967 9
ESP 3 1999-2001 18
NED 3 1965-1967 13
NOR 3 1953-1955 19
PER 3 1956-1958 18
PUR 3 1985-1987, 1997-1999
2004-2006, 2009-2011
21
SUI 3 2004-2006 12
URU 3 1952-1954 6
33 ALB 2 2009-2010 3
ANG 2 2003-2004 7
AUT 2 1962-1963 7
BEL 2 1955-1956, 2009-2010 11
DOM 2 2008-2009 9
ESA 2 1995-1996 4
GBR 2 2017-2018 24
ISL 2 1961-1962 5
IRL 2 2017-2018 10
ITA 2 1953-1954, 1956-1957
1963-1964, 1982-1983
16
JAM 2 2017-2018 8
KOS 2 2008-2009, 2011-2012 4
NZL 2 1980-1981 4
PAN 2 1953-1954, 2002-2003 4
POL 2 1958-1959 6
RUS 2 2001-2002 8
UKR 2 2006-2007, 2010-2011
2013-2014
6

 

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Jóia da coroa, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s