Cairns planeja megarecepção para Miss Universo 2018 nascida no nordeste da Austrália que deu tetracampeonato às Filipinas


Prefeito se diz ‘orgulhoso’ com título de Catriona Gray

Da redação TV vem Análise
Com ABS-CBN e Cairns Post

Lillian Suwanrumpha/AFP/Getty Images/17.12.2018


A Prefeitura da cidade de Cairns (1.683 km ao norte de Brisbane, capital do Estado australiano de Queensland) planeja uma grande recepção para a vencedora da 67ª edição do concurso de Miss Universo, Catriona Gray, 24, que nasceu na cidade. O prefeito Bob Manning, 73, disse que o conselho municipal planeja uma série de eventos para homenageá-la. “Estamos orgulhosos dela”, disse o chefe do Executivo municipal. A data de chegada de Catriona à cidade de 146 mil habitantes do nordeste australiano ainda não foi decidida.
Além de Cairns, onde nasceu e cresceu ao lado do pai australiano, Ian Gray, e da mãe filipina, Normita Magnayon, Catriona Gray também terá homenagens em Manila, para onde se mudou em 2011 para seguir carreira de modelo e cantora. Elas estão sendo pĺanejadas pela Miss Universe Organization, por prefeituras da Grande Manila e pela LCS Group, do empresário Chavit Singson, 77, que já acertou a realização da 68ª edição do Miss Universo para Seul, no dia 16 de dezembro (15 de dezembro, pelo horário brasileiro de verão). Antes do Miss Universo, Catriona disputou o Miss Mundo em 2016.
Por ter dupla cidadania, a eleição de Catriona Gray divide filipinos residentes em Cairns. Um dos principais jornais da cidade, o tabloide The Courier Mail, decidiu tirar proveito da situação e nomeá-la informalmente “Miss Universo Queensland”, numa troça com a Binibining Pilipinas Charities, organizadora do concurso que a credenciou para o Miss Universo. A capa do Mail irritou fãs filipinos de Catriona, que também faz trabalhos de caridade. Há 15 dias, ela se tornou a quarta filipina a vencer o título de Miss Universo.

The Courier Mail/Reprodução/19.12.2018

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Cidades, Eventos, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s