Serra-leonesa Esther Bangura é a última candidata a embarcar para a 67ª edição do concurso de Miss Universo, em Bangcoc


Ela vai se juntar a outras 94 candidatas

Da redação TV em Análise

IAMSL Pageant Agency/Divulgação


A candidata de Serra Leoa. Marie Esther Bangura, 21, embarca na noite deste domingo (2), no Aeroporto Internacional de Lungi (28 km ao norte de Freetown), para participar da 67ª edição do concurso de Miss Universo, que acontece daqui a 14 dias, na Impact Arena, na zona norte de Bangcoc. Não há informações sobre que voo Bangura deve pegar para Bangcoc. O voo mais curto, operado pela Brussels Airlines, sai às 19h10 locais e faz escala em Monróvia, capital da Libéria. De lá, segue para o Aeroporto de Bruxelas, onde faz conexão para um voo da Etihad, que faz conexão em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. A previsão de chegada ao Aeroporto Internacional Suvarnabhumi é para às 6h45 da manhã desta terça-feira (4).
De lá, Marie Bangura segue direto para o hotel Dusit Thani Bangkok, na região central da capital tailandesa. Serra Leoa vai para sua segunda participação na história do Miss Universo. Em 2017, Adama Kargbo chegou a ser eleita em concurso nacional, mas teve problemas com o visto para os Estados Unidos e sequer competiu em Las Vegas. Em 2016, o país estreou em Manila com Hawa Kamara, que não se classificou entre as 13 semifinalistas.
Marie Bangura derrotou outras oito candidatas no concurso Miss Universo Serra Leoa 2018, realizado em um hotel de Freetown, no sábado, 18 de novembro. Esse concurso encerrou o ciclo de etapas nacionais do Miss Universo 2018. A 67ª edição do certame terá o maior número de candidatas da história – 95, com o embarque já confirmado da serra-leonesa. Com 100% das candidatas embarcadas para ou já desembarcadas em Bangcoc, a lista final de candidatas ao Miss Universo 2018 é esta (candidata do país anfitrião em negrito)

Treisi Sejdini (ALB)
Ana Liliana Avião (ANG)
Agustina Pivowarchuk (ARG)
Eliza Muradyan (ARM)
Kimberly Julsing (ARU)
Francesca Hung (AUS)
Danielle Grant (BAH)
Meghan Theobalds (BAR)
Zoé Brunet (BEL)
Jenelli Fraser (BLZ)
Joyce Prado (BOL)
Mayra Dias (BRA)
A’yana Phillips (IVB)
Gabriela Topalova (BUL)
Rern Nat (CAM)
Marta Stepien (CAN)
Caitlin Tyson (CAY)
Andrea Diaz (CHI)
Meisu Qin (CHN)
Valeria Morales (COL)
Natalia Carvajal (CRC)
Mia Pojatina (CRO)
Akisha Albert (CUR)
Lea Šteflíčková (CZE)
Helena Heuser (DEN)
Aldy Bernard (DOM)
Virginia Limongi (ECU)
Nariman Khaled (EGY)
Maricela de Montecristo (ESA)
Alina Voronkova (FIN)
Eva Colas (FRA)
Lara Yan (GEO)
Céline Willers (GER)
Akpene Diata Hoggar (GHA)
Dee-Ann Rogers (GBR)
Ioanna Bella (GRE)
Athena Eva McNinch (GUM)
Mariana Garcia (GUA)
Samantha Colas (HAI)
Venessa Villars (HON)
Eniko Kecskes (HUN)
Katrin Lea Elenudottir (ISL)
Nehal Chudasama (IND)
Sonia Fergina Citra (INA)
Grainne Gallanagh (IRL)
Nikol Reznikov (ISR)
Erica De Matteis (ITA)
Emily Maddison (JAM)
Yuumi Kato (JAP)
Sabina Azimbayeva (KAZ)
Wabaiya Kariuki (KEN)
Baek Ji-hyun (KOR)
Zana Berisha (KOS)
Begimay Karybekova (KGZ)
On-anong Homsombath (LAO)
Maya Reaaydi (LIB)
Jane Teoh (MAS)
Francesca Mifsud (MLT)
Varsha Ragoobarsing (MRI)
Andrea Toscano (MEX)
Dolgion Delgerjav (MON)
Hnin Thway Yu Aung (MYA)
Selma Kamanya (NAM)
Manita Devkota (NEP)
Rahima Dirkse (NED)
Estelle Curd (NZL)
Adriana Paniagua (NIC)
Aramide Lopez (NGR)
Susanne Guttorm (NOR)
Rosa Montezuma (PAN)
Belén Alderete (PAR)
Romina Lozano (PER)
Catriona Gray (PHI)
Magdalena Swat (POL)
Filipa Barroso (POR)
Kiara Ortega (PUR)
Yulia Polyachikhina (RUS)
Angella Dalsou (LCA)
Marie Bangura (SLE)
Zahra Khanum (SIN)
Barbora Hanová (SVK)
Tamaryn Green (RSA)
Angela Ponce (ESP)
Ornella Gunesekere (SRI)
Emma Strandberg (SWE)
Jastina Doreen (SUI)
Sophida Kanchanarin (THA)
Tara De Vries (TUR)
Karina Zhosan (UKR)
Sofía Marrero (URU)
Sarah Rose Summers (USA)
Aniska Tonge (ISV)
Sthefany Gutiérrez (VEN)
H’Hen Niê (VIE)
Melba Shakabozha (ZAM)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s