RCN se focará apenas no Rumbo a Miss Universo e abre mão de transmitir o Señorita Colombia 2019, marcado para o dia 12


Emissora atendeu ordens da IMG

Da redação TV em Análise

AFP/30.09.2018


A RCN decidiu tirar de sua grade de eventos o concurso Señorita Colombia a partir deste ano para se focar apenas no Rumbo a Miss Universo para a temporada de 2019. A decisão foi tomada pela emissora, atendendo orientação da IMG Worldwide, dona do concurso de Miss Universo, que quer de suas parceiras exclusividade total com o certame.
De acordo com a RCN, a intenção é fazer o Miss Universo Colômbia 2019 em junho, a tempo de eleger a candidata do país no mesmo ano do Miss Universo 2019. Até 2017, as representantes colombianas no Miss Universo eram eleitas em novembro do ano anterior ao concurso. Outro país que já decidiu aderir à mudança é a Venezuela, que vai fazer um concurso separado do Miss Venezuela para o Miss Universo, em março de 2019.
A RCN detém os direitos de TV aberta do Miss Universo na Colômbia desde 2016. Até então, esses direitos pertenciam à rede concorrente Caracol TV. O Señorita Colombia passa a eleger a partir de agora apenas as representantes colombianas em outros concursos internacionais. O evento acontece na segunda-feira (12), em Cartagena, como parte das comemorações da independência da cidade (localizada a 1.062 km ao norte de Bogotá) do domínio espanhol.
O presidente do Concurso Nacional De Belleza de Colombia, Raimundo Angulo, viajou às pressas de Cartagena para Bogotá na terça-feira (30/10), para tentar sanar a questão da emissora que deverá transmitir o Señorita Colombia 2019. “A Colômbia não vai ficar sem ver seu principal concurso de beleza”, assegurou Angulo ao jornal El Heraldo. Mesmo com a guerra de bastidores, o CNB segue representando o Miss Universo na Colômbia.
Em 30 de setembro, o CNB e a RCN promoveram o especial Rumbo a Miss Universo, que elegeu Valeria Morales, 20, para representar a Colômbia na 67ª edição do concurso de Miss Universo, que acontece daqui a 43 dias, em Bangcoc. A emissora vinha transmitindo o Señorita Cololmbia desde 1981 para todo o país, meses após o Miss Universo.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Outras Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s