A 54 dias da realização do Miss Universo 2018, três países já elegeram candidatas para o concurso de Miss Universo 2019


Cazaquistão, Peru e Vietnã

Da redação TV em Análise

Fotos Miss Almaty, RPP Notícias e Miss Universe Vietnam/Divulgação


A cazaque Kamila Kozhakhanova, a peruana Anyella Grados, 19, e a vietnamita Hoang Thuy, 26, são as três primeiras candidatas já confirmadas para a 68ª edição do concurso de Miss Universo, que acontecerá em 15 de dezembro de 2019. Elas foram eleitas em seus concursos nacionais, realizados entre janeiro e outubro de 2018.
O Vietnã foi o primeiro país a definir candidata para o Miss Universo 2019, mesmo faltando mais de um ano para o concurso. Na mesma noite em que H’Hen Nie, 26, Thuy foi aclamada Miss Universo Vietnã 2019 no sábado, 6 de janeiro. No sábado, 8 de setembro, Kamila venceu o concurso Miss Almaty 2018, que credencia para o Miss Cazaquistão, mas dá passaporte direto para o Miss Universo, independente de vencer o concurso nacional, que designa a candidata para o Miss Mundo.
No domingo, 21 de outubro, quando faltavam 56 dias para a 67ª edição do Miss Universo, a ser realizada em Bangcoc, o Peru se juntou ao clube de países que anteciparam as eleições de suas candidatas para o Miss Universo do ano seguinte. A eleição de Anyella no concurso nacional é uma mostra de que o país sul-americano é o mais interessado em eleger primeiro, no continente, sua candidata para o Miss Universo 2019. Mais que a Venezuela, que resolveu separar a eleição de sua candidata do Miss Universo da do Miss Mundo, que vai acontecer em dezembro. Um Miss Venezuela à parte será feito em março só para o Miss Universo. A Polônia fará seu concurso no domingo, 11 de novembro. No dia seguinte (segunda-feira, 12), a Colômbia elege sua candidata. A Sérvia realizou seu concurso na terça-feira, 9 de outubro, mas não informou quem vai representar o país no concurso até o fechamento desta matéria. A Geórgia deverá fazer seu concurso em novembro, mas não informou em que data vai fazê-lo. A França fará seu concurso no dia 15 de dezembro, véspera do Miss Universo 2018. Até essa data, oito países terão eleito suas candidatas para o Miss Universo 2019.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s