Band esconde reinado da Miss Brasil 2018 de seus programas


Mayra Dias está a 99 dias de competir no Miss Universo 2018, em Bangcoc

Da redação TV em Análise

Organização Miss Brasil Universo/Divulgação/27.05.2018


Desde a sua eleição, em 26 de maio, a Miss Brasil 2018, a amazonense Mayra Dias, 26, tem recebido atenção quase nula na programação da Rede Bandeirantes, emissora que detém os direitos de transmissão. Fora o media day de 28 de maio, Mayra não foi mais objeto de nenhuma aparição em programas da Band. Uma aparição no Agora é Domingo acabou cancelada. Mayra tem dividido seu tempo entre os preparativos para a 67ª edição do concurso de Miss Universo, daqui a 99 dias, em Bangcoc, e viagens de trabalho para Manaus. Essas devem diminuir com a preparação para o certame.
O que estarrece nesse ponto é a conduta da Band em esconder a Miss Brasil, o Miss Brasil e a agenda da Miss Universe Organization de sua pauta. Enquanto franqueada do Miss Universo no Brasil, a Band tem faltado com a palavra em ações, matérias e campanhas. Não botou no ar uma única peça sequer, nem com Mayra Dias, tampouco com a Miss Universo 2017, Demi-Leigh Nel-Peters. A Band está brincando com o bom senso dos missólogos brasileiros.
Serviçal de ruralistas e dos que fizeram o golpe parlamentar de 2016 que derrubou a presidenta eleita Dilma Rousseff, a Band joga fora 16 anos de legado na promoção do concurso de Miss Brasil. Acha que o Miss Brasil é coisa do departamento comercial e de sua área artística. Não é. Deveria servir à sociedade brasileira. Na prática, o Miss Brasil está isso sim servindo aos bolsos do dono da Polishop, que abraçou o ministro Luiz Fux quando assumiu mandato de presidente e ministro do Tribunal Superior Eleitoral.
Se a Band fosse uma empresa séria de comunicação, teria se dado conta de que, desde a coroação de Mayra como Miss Brasil 2018, uma transgênero foi eleita para representar a Espanha no Miss Universo 2018. Isso, a Band não noticiou, nem mesmo em seu site. Já estamos na 74ª candidata nacional eleita e nada da Band tomar qualquer ação em relação à transmissão do Miss Universo 2018. O dólar a 4 reais parou as negociações com a IMG Worldwide para a aquisição dos direitos de transmissão em TV aberta. É bom lembrarmos: hoje faltam exatos 99 dias para a 67ª edição do concurso de Miss Universo.
Na prática, para a Band, o reinado de Mayra Dias como Miss Brasil 2018 só vai começar no dia 13 de outubro, quando comparecer ao concurso de Miss São Paulo 2019. Da parte da Polishop, está tudo normal. Mayra tem sido fiel aos compromissos da patrocinadora.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s