Direitos de eventos esportivos que eram do Esporte Interativo irão matar a Rede Globo de Televisão de obesidade mórbida


Vale a pena trocar o Huck pelo Campeonato Piauiense de Futebol?

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

David Pacheco/R10/15.04.2018


A decisão da Turner Broadcasting System Brasil de descontinuar os canais pagos Esporte Interativo colocou em desespero o mercado de aquisições de direitos esportivos. Eventos como o Mundial de Basquete e os Campeonatos Brasileiros das Séries C e D estão sob ameaça de irem para a Rede Globo e para seu canal pago de esportes, o Sportv, que já andam saturados com o Brasileirinho das Séries A e B, eventos de e-sports, dentre outras porcarias. Isso para não falar das exclusividades das Olimpíadas (até 2032) e das Copas do Mundo da FIFA (até 2030, mediante propina, de acordo com o Burzaco da Torneos).
Não vem ao caso o que TNT e Space passarão a exibir de conteúdo esportivo do E+I (para não confundir com o grupo terrorista Estado Islâmico). Esquece Champions League e Brasileirão, esquece o Facebook e a delação do Léo Pinheiro que botou o Lula na cadeia pela segunda vez depois de 38 anos. O que interessa é o que ca Globo e suas afiliadas efetivamente irão pegar de direitos de eventos esportivos como Breasileirão de Aspirantes, torneios de MMA, as já citadas séries C e D, o Campeonato do Nordeste, torneios de ginástica até os jogos de Tóquio, apenas para citar alguns itens do departamento de secos e molhados do Esporte Interativo/TNT/Space. Programas do antigo canal são agora dos canais oficiais do Miss Universo, do Oscar e dos Primetime Emmys no Brasil. E o resto vai para a PQP.
E se o Bolsonaro ou o Alckmin ou o doido do Cabo Dalciolo fecharem a EBC junto com o Congresso Nacional? Valerá à pena a TV Radio Clube de Teresina, tão relapsa em relação a eventos esportivos, “matar” o Caldeirão do Huck e suas coleguinhas que estão na casa dos 30 anos e trocá-lo pelo Campeonato Piauiense de Fitebol? A julgar pelas investidas da Rede Meio Norte, o pensamento na Clube é que não vale a pena esse suicídio financeiro. Melhor dar à Monalysa Alcântara os repórteres que perguntam “vai pedir música no Fantástico?”. Desde que não seja a Nessum Donna na voz da saudosa Aretha Franklin. A Globo, em editoriais, tal qual aquele atleta georgiano do luge que morreu às vésperas da Olimpíada de Inverno do 2010 e o Atletiba, vai alegar de forma histriônica que não tem os direitos da ópera. Porque ela passou na 40ª edição do Grammy, em 25 de fevereiro de 1998.

Da mesma forma que se comportam com o Nessun Donna da Rainha do Soul, a Globo o faz com a resolução do Conselho de Direitos Humanos da ONU sobre a candidatura de Lula e o DARF do imposto devido pelos direitos monopolizados das Copas de 2002 e 2006. Da mesma forma que se recusam a entrevistar, no exílio, o advogado Rodrigo Tacla Durán, homem-bomba do escândalo da Odebrecht que ameaça resvalar a Operação Lava Jato.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Esportes, Força da Grana, Globelezação, Monopólio da informação e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s