Palco de coroação de Martha Vasconcellos como Miss Brasil 1968 encolheu de capacidade após reformas para o Rio 2016


50 anos depois, Maracanãzinho comporta apenas 11 mil espectadores

Da redação TV em Análise

O Cruzeiro/29.06.1968


Cinco décadas após a eleição da baiana Martha Vasxoncllos, 70, como Miss Brasil 1968, o Ginásio Gilberto Cardoso, mais conhecido como Maracanãzinho, localizado na zona norte do Rio de Janeiro, teve sua capacidade diminuída drasticamente de 35 mil espectadores para apenas 11.300, após as reformas para a realização do torneio de vôlei dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016. No dia 29 de junho de 1968, Martha derrotou outras 24 candidatas e conseguiu a vaga para representar o Brasil na 17ª edição do concurso de Miss Universo, que ocorreria dali a 13 dias, no Miami Beach Convention Center, em Miami Beach (região metropolitana de Mimai).
Inaugurado em 24 de setembro de 1954, menos de três meses após outra baiana, Martha Rocha, 81, ter conquistado o primeiro título de Miss Brasil, o Maracanãzinho recebeu a etapa brasileira do Miss Universo a partir de 1958. Até o incêndio de 8 de março de 1970, o Maracanãzinho recebeu o Miss Brasil por 12 vezes consecutivas, inclusive no ano em que Vasconcellos iniciara sua jornada para o título de Miss Universo. Após o incêndio, o Maracanãzinho recebeu o Miss Brasil apenas em 1971 e 1972, antes da transferência de sua sede para Brasília, onde amargaria drásticas quedas de público a partir de 1973.
Ainda na fase do Miss Brasil, o Maracanãzinho começou a receber em 1968 festivais de Música Popular Brasileira organizados pela Rede Globo e em 1971 um festival de música universitária organizado pela Rede Tupi, emissora que transmitia o Miss Brasil. De acordo com a revista O Cruzeiro, 40 mil pessoas assistiram ao Miss Brasil 1968 no Maracanãzinho.
As reformas que o Maracanãzinho sofreu para acomodar campeonatos de vôlei e o torneio de vôlei dos Jogos Pan-Americanos de 2007 tiraram a aura que exercia sobre as representantes brasileiras no Miss Universo. No Rio de Janeiro, a partir de 1994 e até 1996, o Miss Brasil foi realizado em casas de espetáculos (Ribalta e Imperator). De 1999 a 2001, foi para o Copacabana Palace, sem nenhuma repercussão. Em 2002, voltou para a Ribalta. O Copa voltou a receber o Miss Brasil em 2005. Em 2006 e 2007, o Citibank Hall e o Teatro do Museu de Arte Moderna, no Aterro do Flamengo, sediaram o concurso. No dia 26 de maio, o Miss Brasil 2018 ocorreu no Riocentro, palco de um atentado fracassado em 1981, orquestrado por insatisfeitos com o governo do general João Figueiredo (1918-1999). O palco que credenciou Mayra Dias para o Miss Universo 2018 poderia ter sido o do maior assassinato em massa da cultura brasileira. Lá, foi realizado na noite de 30 de abril de 1981 o show do Dia do Trabalho, com nomes como Cauby Peixoto, Fagner, Beth Carvalho, Gonzaguinha, Luiz Gonzaga, MPB 4, Chico Buarque, Ivan Lins, dentre outros.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em História, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s