As transmissões da temporada 2018 do Monday Night Football


Renovação de equipe de comentaristas e jogo no México estão entre os destaques

Da redação TV em Análise

Fotos ESPN/Divulgação e Getty Images


Um mês após liberar a grade de transmissões da temporada 2018 do Monday Night Football, a ESPN anunciou a troca de quase todo seu time de comentaristas. Com a volta do comentarista Jon Gruden aos gramados como técnico e a demissão do narrador Sean McDonough, o canal pago promoveu Joe Tessitore, 47,  que há 15 anos vinha cobrindo jogos de futebol americano universitário. Para a vaga de Gruden, foi chamado Jason Witten, 36, ex-tight end do Dallas Cowboys. Ex-comentarista da SEC Network, Booger McFarland, 40, foi colocado para ser comentarista de campo. Da equipe anterior, a única permanência foi da repórter Lisa Salters, 52, que vai para seu sétimo ano no MNF.
Da grade de jogos, o principal destaque vai para o primeiro jogo de Gruden em campo, à frente do Oakland Raiders, no dia 10 de setembro, contra o Los Angeles Rams, no Oakland Alameda Coliseum. É essa partida que abrirá a temporada regular do Monday Night Football em 2018. Outros destaques são o jogo da Cidade do México entre Kansas City Chiefs e Los Angeles Rams, no dia 19 de novembro, e o jogo de véspera de Natal, entre o Denver Broncos e o Raiders, no Mile High Stadium (ex-Sports Authority Feld). Contabilizando jogos de temporada regular (17), pré-temporada (dois) e um Wild Card, a ESPN terá 20 transmissões na temporada 2018 da NFL para o mercado americano, ao lado de seu canal hispânico ESPN Deportes (nas primeiras sete semanas) e da ABC (Wild Card), incluindo as mídias digitais. Os horários das transmissões, a serem feitas no Brasil pela ESPN, são de Brasília

Pre-temporada
16/8 (5ª feira)
21h-Washington Redskins x New York Jets
20/8 (2ª feira)
21h-Indianapolis Colts x Baltimore Ravens
Temporada regular
10/9 (2ª feira)
20h10-Detroit Lions x New York Jets
23h15-Oakland Raiders x Los Angeles Rams
17/9 (2ª feira)
21h15- Dallas Cowboys x New York Giants
24/9 (2ª feira)
21h15-Tampa Bay Buccaneers x Pittsburgh Steelers
1º/10 (2ª feira)
21h15-Denver Broncos x Kansas City Chiefs
8/10 (2ª feira)
21h15-New Orleans Saints x Washington Redskins
15/10 (2ª feira)
21h15-Green Bay Packers x San Francisco 49ers
22/10 (2ª feira)
21h15-Atlanta Falcons x New York Giants
29/10 (2ª feira)
21h15-Buffalo Bills x New England Patriots
5/11 (2ª feira)
23h15-Dallas Cowboys x Tennessee Titans
12/11 (2ª feira)
23h15-San Francisco 49ers x New York Giants
19/11 (2ª feira)
23h15-Kansas City Chiefs x Los Angeles Rams (Cidade do México)
26/11 (2ª feira)
23h15-Houston Texans x Tennessee Titans
3/12 (2ª feira)
23h15-Philadelphia Eagles x Washington Redskins
10/12 (2ª feira)
23h15-Seattle Seahawks x Minnesota Vikings
17/12 (2ª feira)
23h15-Carolina Panthers x New Orleans Saints
24/12 (2ª feira)
23h15-Oakland Raiders x Denver Broncos
5/1/2019 (sábado)
19h25-Jogo de Wild Card

NOTA: A partir de 5 de novembro, com o início do horário brasileiro de verão e o final do horário americano de verão, os jogos passarão a observar uma diferença que vai passar de uma para três horas em relação ao horário de Brasília

Pelas normas da NFL, jogos do Monday Night Football e do Thursday Night Football não estão sujeitos à flexibilidade de horários, vlálda apenas para os jogos de domingo à tarde. Uma partida com implicância de playoff pode ser movida pela NFL para o Sunday Night Football, a pretexto de atrair mais telespectadores. Na NBC, entre as semanas 5 e 10, não mais que dois jogos estão sujeitos a essa política. A partir da semana 11, qualquer partida se sujeita a essa intempérie. O quadro exposto antes da semana 17 pode fazer a NBC exercer a opção de transmitir ou não o último SNF da temporada. A emissora se reserva ao direito de se recusar a transmitir jogos sem nenhuma relevância, caso os cenários de playoffs já estejam desenhados, inclusive para os jogos de wild card, em ambas as conferências (AFC e NFC).

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Esportes, Eventos, Programação e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s