Críticas acerta 80% das 15 semifinalistas do concurso de Miss Brasil 2018, mantendo a amazonense eleita entre as favoritas


Margem de confiança é maior que a verificada no Miss USA 2018

Da redação TV em Análise

Rodrigo Trevisan/Organização Miss Brasil Universo/Divulgação


A conclusão da 64ª edição do concurso de Miss Brasil, na madrugada deste domingo (27), no Riocentro, na zona oeste do Rio de Janeiro, se não serviu para atestar que a amazonense Mayra Dias, 26, tinha condições de vencer, como o júri acabou atestando, a avaliação final do TV em Análise Críticas divulgada na quinta-feira (24) mostrou que ela tinha porte suficiente para ficar entre as 10 semifinalistas. Mayra foi além. Encerrou o mais longo jejum de títulos de uma coordenação estadual – o do Amazonas se arrastava havia 61 anos, quando Terezinha Morango, 81, ficou em segundo lugar na sexta edição do concurso de Miss Universo, realizada em Long Beach (Califórnia).
A eleição de Mayra Dias serviu também para calar a boca de alguns céticos que lhe apostavam que não passaria do top 10. Mayra foi além. Foi firme na resposta sobre padrões estéticos, feita pela jornalista Daniela Pessoa. Era a senha que faltava para a sua eleição. No mais, Mayra foi uma coadjuvante que ajudou o Críticas a sair do Miss Brasil 2018 com uma margem de acerto de 73,33% do quadro de 15 semifinalistas. Margem essa maior que os 46,66% verificados no Miss USA 2018, realizado na segunda-feira (21). De número em número, a semana de upfronts das redes abertas americanas impediu que o Críticas tivesse um poder maior de análise das candidatas ao Miss USA. Foram apenas duas avaliações gerais, além da avaliação final. No Miss Brasil, não. Contando a troca da candidata do Amapá, vídeos oficiais e júri técnico, foram quatro avaliações gerais que o Críticas realizou.
Mayra já liderava na avaliação parcial que o Críticas realizou após sua eleição como Miss Amazonas, no dia 28 de março. Sua eleição foi uma consequência de uma conjunção de fatores: favoritismo permanente nos top 15 que se sucederam nas avaliações parciais seguintes, nas avaliações gerais e na avaliação final, mesmo que nesta tenha acabado em sétimo lugar e denominado pageant material. Um simples título de campeonato de futebol de várzea já a credenciaria para voos mais altos. E assim se desenhou a crônica de um trabalho feito pelo coordenador Lucius Gonçalves desde 2008. Veja como ficou o quadro de acertos do Críticas para as 15 semifinalistas do concurso Miss Brasil 2018

 
TV em Análise Críticas Júri Oficial
Ana Clara Medeiros (PB) Teresa Santos (CE)
Elis Miele (MG) Giovanna Veríssimo (GO)
Maria Isabel Santos (BA) Elis Miele (MG)
Giovanna Veríssimo (GO) Monique Rego (RN)
Eslovênia Marques (PE) Maria Isabel Santos (BA)
Débora Silva (SC) Paula Palhares (SP)
Mayra Dias (AM) Eslovênia Marques (PE)
Bia Rodrigues (DF) Débora Silva (SC)
Ponnyk Torres (PA) Isabella Burgui (AL)
Tatiele Rodrigues (TO) Sabrina Stock (ES)
Leonora Weimer (RS) Ana Clara Medeiros (PB)
Marina Pimentel (RR) Naiely Lima (PI)
Paula Palhares (SP) Bia Rodrigues (DF)
Teresa Santos (CE) Leonora Weimer (RS)
Naiely Lima (PI) Mayra Dias (AM)

Além disso, 80% do quadro de semifinalistas que o Críticas acertara no top 15 avançou para o top 10. Na definição do quadro de cinco finalistas para as perguntas temáticas, 80% do quadro acertado passou de fase. Na definição do quadro de três finalistas, todas saíram do top 15 apontado na avaliação final do Críticas. Veja como ficou cada situação

TOP 10 – ACERTOS DO CRÍTICAS
(Assinalados em negrito) Percentual de acertos: 80%
Ordem de anúncio Candidata
1 Débora Silva (SC)
2 Mayra Dias (AM)
3 Naiely Lima (PI)
4 Isabella Burgui (AL)
5 Teresa Santos (CE)
6 Monique Rego (RN)
7 Eslovênia Marques (PE)
8 Maria Isabel Santos (BA)
9 Paula Palhares (SP)
10 Giovanna Veríssimo (GO)
TOP 5 – ACERTOS DO CRÍTICAS
(Assinalados em negrito) Percentual de acertos: 80%
Ordem de anúncio Candidata
1 Débora Silva (SC)
2 Mayra Dias (AM)
3 Isabella Burgui (AL)
4 Maria Isabel Santos (BA)
5 Teresa Santos (CE)
TOP 3 – ACERTOS DO CRÍTICAS
(Assinalados em negrito) Percentual de acertos: 100%
Ordem de anúncio Candidata
1 Teresa Santos (CE)
2 Mayra Dias (AM)
3 Maria Isabel Santos (BA)

Rodrigo Trevisan/Organização Miss Brasil Universo/Divulgação

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s