EXCLUSIVO: A avaliação final do Críticas para o concurso de Miss Brasil 2018, após as novas notas de aparições de mídia


Favoritas de missólogos, PB, SC e DF entram no último top 15 antes da final

Da redação TV em Análise

Fotos Organização Miss Brasil Universo/Divulgação


O último ajuste de notas que o TV em Análise Críticas promoveu para a 64ª edição do concurso de Miss Brasil foi decisivo para a candidata da Paraíba, Ana Carla Medeiros, 21, assumir a liderança do quadro de favoritas a uma vaga entre as semifinalistas. “Bombada” por missólogos, Ana Carla saiu no benefício com o ajuste na nota de traje de gala, levando em conta material divulgado pela coordenação estadual. Assim como ocorreu com o Nebrasca no Miss USA 2018 realizado na última segunda-feira (21), em Shreveport (Luisiana). a Paraíba tenta o primeiro título de Miss Brasil após obter colocações entre as finalistas em 1981, 1986, 1989, 1997 e 2010.
Outros ajustes de notas fizeram a pernambucana Eslovênia Marques, 21, terminar a apuração do Críticas na quarta colocação, beneficiada por ajustes de aparições de mídia. Na quinta colocação ficou a catarinense Débora Silva, 23, que foi beneficiada por ajustes de notas em traje de gala e aparições de mídia. O fator mídia também foi crucial para as candidatas do Amazonas, Mayra Dias, 26, e do Distrito Federal, Bia Rodrigues, terminares a rodada final do Críticas na sexta e sétima colocações, respectivamente. Nos casos de Débora e Bia, estas ocupavam posições desfavoráveis até à quarta avaliação geral, realizada após a preliminar de traje de banho. Estavam nos dois últimos lugares.
Embora tenham ficado entre a 16ª e a 18ª colocações, as candidatas do Rio Grande do Norte, Monique Rego, 24, do Maranhão, Lorena Bessani, 25, e do Rio de Janeiro, Amanda Coelho, 19, ainda seguem com chances de virar o jogo na definição da vaga do voto popular. É uma corrida muito complicada. Ainda mais para Amanda, que tentará competir diante de sua torcida e não ser apresentada como mera coadjuvante. O Rio não vence o Miss Brasil desde 1981 e está sem classificar desde 2016. À exceção de 2006, o Rio tem tido classificações nas edições do Miss Brasil realizadas na cidade e no Estado de 1994 a 1996, 1999 a 2002 e 2005 a 2007. Isso citando o período após a fusão com o antigo Estado da Guanabara. Em cidade que já sediou Olimpíada e final de Copa do Mundo, não ficaria nada bem para o Rio de Janeiro ter uma representante sua fora do top 15. Abaixo, em ordem decrescente, o quadro final de notas das 27 candidatas do Miss Brasil 2018, na apuração do Críticas

NOTAS DAS CANDIDATAS EM ORDEM DECRESCENTE
Foram consideradas as notas dos quesitos de traje de banho e traje de gala, além das aparições em noticiários
Candidata Traje de Banho Traje de Gala Aparições de Mídial Média Geral
Ana Clara Medeiros (PB) 10 9,985 9,987 9,990
Elis Miele (MG) 9,989 9,985 9,987 9,987
Maria Isabel Santos (BA) 9,986 9,984 9,987 9,985
Giovanna Veríssimo (GO) 10 9,974 9,978 9,984
Eslovênia Marques (PE) 9,987 9,985 9,979 9,983
Débora Silva (SC) 9,989 9,975 9,984 9,982
Mayra Dias (AM) 9,981 9,975 9,987 9,981
Bia Rodrigues (DF) 9,984 9,974 9,986 9,981
Ponnyk Torres (PA) 9,874 9,987 9,984 9,981
Tatiele Rodrigues (TO) 10 9,954 9,987 9,980
Leonora Weimer (RS) 9,965 9,987 9,985 9,979
Marina Pimentel (RR) 10 9,965 9,968 9,977
Paula Palhares (SP) 9,995 9,953 9,984 9,977
Teresa Santos (CE) 9,979 9,958 9,989 9,975
Naiely Lima (PI) 9,953 9,987 9,984 9,974
Monique Rego (RN) 9,979 9,953 9,987 9,973
Lorena Bessani (MA) 10 9,967 9,943 9,970
Amanda Coelho (RJ) 9,982 9,935 9,987 9,968
Grazielly Moraes (SE) 9,967 9,973 9,951 9,963
Caroline Back (MT) 9,981 9,987 9,896 9,954
Thaís Braga (AC) 9,974 9,978 9,897 9,949
Thaisi Dias (RO) 10 9,874 9,968 9,947
Emilay Muniz (AP) 9,957 9,974 9,897 9,942
Sabrina Stock (ES) 9,981 9,897 9,899 9,925
Isabella Burgui (AL) 9,899 9,985 9,893 9,925
Deise Caroline (PR) 9,979 9,897 9,894 9,923
Giovanna Grigolli (MS) 9,961 9,899 9,879 9,913
NOTAS DAS CANDIDATAS EM ORDEM ALFABÉTICA
Foram consideradas as notas dos quesitos de traje de banho e traje de gala, além das aparições em noticiários
Candidata Traje de Banho Traje de Gala Vídeo Oficial Média Geral
Thaís Braga (AC) 9,974 9,978 9,897 9,949
Isabella Burgui (AL) 9,899 9,985 9,893 9,925
Emilay Muniz (AP) 9,957 9,974 9,897 9,942
Mayra Dias (AM) 9,981 9,975 9,987 9,981
Maria Isabel Santos (BA) 9,986 9,984 9,987 9,985
Teresa Santos (CE) 9,979 9,958 9,989 9,975
Bia Rodrigues (DF) 9,984 9,974 9,986 9,981
Sabrina Stock (ES) 9,981 9,897 9,899 9,925
Giovanna Veríssimo (GO) 10 9,974 9,978 9,984
Lorena Bessani (MA) 10 9,967 9,943 9,970
Caroline Back (MT) 9,981 9,987 9,896 9,954
Giovanna Grigolli (MS) 9,961 9,899 9,879 9,913
Elis Miele (MG) 9,989 9,985 9,987 9,987
Ponnyk Torres (PA) 9,874 9,987 9,984 9,981
Ana Clara Medeiros (PB) 10 9,985 9,987 9,990
Deise Caroline (PR) 9,979 9,897 9,894 9,923
Eslovênia Marques (PE) 9,987 9,985 9,979 9,983
Naiely Lima (PI) 9,953 9,987 9,984 9,974
Amanda Coelho (RJ) 9,982 9,935 9,987 9,968
Monique Rego (RN) 9,979 9,953 9,987 9,973
Leonora Weimer (RS) 9,965 9,987 9,985 9,979
Thaisi Dias (RO) 10 9,874 9,968 9,947
Marina Pimentel (RR) 10 9,965 9,968 9,977
Débora Silva (SC) 9,989 9,975 9,984 9,982
Paula Palhares (SP) 9,995 9,953 9,984 9,977
Grazielly Moraes (SE) 9,967 9,973 9,951 9,963
Tatiele Rodrigues (TO) 10 9,954 9,987 9,980

Após a rodada, o panorama de classificação das 15 semifinalistas (considerando o padrão adotado pela Organização Miss Brasil Universo no Miss Brasil 2017) é este:

-Ana Clara Medeiros (PB)-9,990
-Elis Miele (MG)-9,987
-Maria Isabel Santos (BA)-9,985
-Giovanna Veríssimo (GO)-9,984
-Eslovênia Marques (PE)-9,983
-Débora Silva (SC)-9,982
-Mayra Dias (AM)-9,981
-Bia Rodrigues (DF)-9,981
-Ponnyk Torres (PA)-9,981
-Tatiele Rodrigues (TO)-9,980
-Leonora Weimer (RS)-9,979
-Marina Pimentel (RR)-9,977
-Paula Palhares (SP)-9,977
-Teresa Santos (CE)-9,975
-Naiely Lima (PI)-9,974

-Monique Rego (RN)-9,973
-Lorena Bessani (MA)-9,970
-Amanda Coelho (RJ)-9,968
-Grazielly Moraes (SE)-9,963
-Caroline Back (MT)-9,954
-Thaís Braga (AC)-9,949
-Thaisi Dias (RO)-9,947
-Emilay Muniz (AP)-9,942
-Sabrina Stock (ES)-9,925
-Isabella Burgui (AL)-9,925
-Deise Caroline (PR)-9,923
-Giovanna Grigolli (MS)-9,913

As notas de avaliação foram ponderadas a partir da verificação de noticiário, redes sociais, transmissões de certames e iconografia fotográfica das candidatas realizadas após os concursos e aclamações estaduais apurados pela redação do Críticas no dia 24 de maio de 2018. Vale ressaltar que esta sondagem não reflete, necessariamente, a classificação oficial para as semifinais do Miss Brasil 2018, bem como para suas etapas classificatórias posteriores (trajes de banho, trajes de gala e entrevistas finais).

Avaliações anteriores
Avaliações parciais
*1ª avaliação parcial: 20 de janeiro de 2018
*2ª avaliação parcial: 22 de fevereiro de 2018
*3ª avaliação parcial: 12 de março de 2018
*4ª avaliação parcial: 18 de março de 2018
*5ª avaliação parcial: 24 de março de 2018
*6ª avaliação parcial: 1º de abril de 2018
*7ª avaliação parcial: 14 de abril de 2018
*8ª avaliação parcial: 15 de abril de 2018
*9ª avaliação parcial: 18 de abril de 2018
*10ª avaliação parcial: 22 de abril de 2018
*11ª avaliação parcial: 25 de abril de v2018
*12ª avaliação parcial: 27 de abril de 2018
Avaliação pré-embarque: 30 de abril de 2018
Avaliações gerais
*1ª avaliação geral: 9 de maio de 2018
*2ª avaliação geral: 11 de maio de 2018
*3ª avaliação geral: 12 de maio de 2018
*4ª avaliação geral: 20 de maio de 2018

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para EXCLUSIVO: A avaliação final do Críticas para o concurso de Miss Brasil 2018, após as novas notas de aparições de mídia

  1. Team Elisa disse:

    Tiraria Tocantins e Roraima e colocaria Rio Grande do Norte e Paraná. A vencedora como DF ou SC.

  2. Pingback: Críticas acerta 80% das 15 semifinalistas do concurso de Miss Brasil 2018, mantendo a amazonense eleita entre as favoritas | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s