A loiraça da Stormy Daniels tirou a audiência do American Idol


É mais interessante derrubar o Trump agora do que ouvir a música do Lionel Richie

Da redação TV em Análise

CBS/Reprodução (via Getty Images)


Estonteante, a atriz de filmes eróticos Stormy Daniels, 39, virou pelo avesso a pauta de audiência das redes abertas americanas no horário nobre do domingo (25), que tinha todo para ser dominado pela conclusão da fase de audições da 16ª temporada do American Idol. Sua entrevista bombástica ao jornalista Anderson Cooper, 50, levada ao ar pelo 60 Minutes da CBS foi vista por 21,26 milhões de telespectadores e registrou média domiciliar de 15,2, com share de 25 pontos. Entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos, a média foi de 4,0 e o share de 16. Os dados são da Nielsen Media Resarch.
Na meia hora que concorreu com o Idol, o 60 Minutes teve média domiciliar de 4,3 e share de 7. Ficou bem atrás dos 13,2/22 registrados pela entrevista de Stormy Daniels, cujo nome verdadeiro é Stephanie Gregory Clifford. Na peça do 60 Minutes, Stormy fez revelações sobre amassos e outros encontros sexuais que diz ter tido com o presidente americano Donald Trump, 71, dono do concurso de Miss Universo entre 1996 e 2015. Através de seus advogados, Trump nega as acusações de Stormy, que vem complicar o seu já complicado governo, recheado de acusações de interferência russa na eleição de 2016.
Nessa meia hora, o American Idol teve 6,62 milhões de telespectadores ante 19,04 milhões da entrevista da “tempestade Daniels”, que para os fãs do reality deve passar logo. E deixar em paz Ryan Seacrest, Katy Perry e seu cabelo mutante, Lionel Richie e sua música dos Commodores e o irrelevante (a nosso ver) Luke Bryan.
No Brasil, a entrevista cabeluda de Stormy Daniels deverá ir ao ar pela Record News. O Idol vai ao ar pelo canal pago Sony nas noites de quarta e quinta-feira, logo após The Voice.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Divas, Ibopes da vida, Jornalismo, Numb3rs, Reality-shows e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s