Leia a nota oficial da direção do Concurso Nacional de Beleza sobre a morte da Miss Mundo Brasil de 1983, Cátia Pedrosa


Modelo deixou um grande legado para as novas gerações de misses no país

Da redação TV em Análise

Concurso Nacional de Beleza/Divulgação


A direção do Concurso Nacional de Beleza (CNB) emitiu na noite desta terça-feira uma nota oficial de pesar sobre a morte da Miss Mundo Brasil 1983, Cátia Silveira Pedrosa, aos 55 anos de idade. Ela lutava contra um câncer no abdômen e sofria de síndrome do pânico. Cátia foi terceira colocada no Miss Mundo 1983, realizado no Royal Albert Hall, em Londres, no dia 11 de novembro de 1983, e ficou na terceira colocação. Foi o único resultado positivo que o país teve em concursos de beleza no ano de 1983. No Miss Universo, realizado em Saint Louis (Missouri), no dia 11 de julho, a mineira Marisa Fully Coelho (1962-1998) não se classificou entre as 12 semifinalistas. Os dois concursos foram promovidos pelo SBT.
Leia a íntegra da nota do Concurso Nacional de Beleza

Nos deixou na manhã de hoje, dia 20 de março de 2018, Catia da Silveira Pedrosa, a belíssima e carismática Miss Brasil Mundo 1983. Catia tinha 55 anos de idade e foi vítima de um câncer no abdômen.
Ela foi a primeira Miss Brasil da versão Miss Mundo eleita na “era Silvio Santos”. Participou do Miss Mundo em Londres, em novembro de 1983, e foi a terceira colocada. Também foi agraciada com o título “Miss Personalidade”.
Foi atriz e apresentadora do SBT, advogada, e durante alguns anos foi casada com o apresentador Wagner Montes, com quem teve um filho, Wagner Montes Júnior.
Catia marcou época como uma miss que se destacava por sua alegria e carisma. Conseguiu um dos resultados mais significativos do Brasil em 60 anos de participação no Miss Mundo. Tinha também uma plástica perfeita que lhe levou à capa da revista Playboy.
Há alguns anos foi notícia ao sofrer com Síndrome do Pânico. Segundo a amiga e atual esposa de Wagner Montes, Sônia Lima, na época Catia chegou a tentar o suicídio algumas vezes.
Apesar das dificuldades que enfrentou, sempre foi muito doce e solícita com seus amigos e fãs.
O sepultamento acontecerá amanhã, dia 21 de março, às 15h30, no cemitério Jardim da Saudade, no bairro de Paciência, Rio de Janeiro.
Cátia permanecerá sempre viva em nossos corações. Que ela siga o seu caminho na luz do Senhor. Aos familiares, amigos e fãs, o nosso mais profundo sentimento.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Nossas Venezuelas, Obituário e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s