Falta à Polishop uma comunicação mais eficaz na divulgação da seletiva das finalistas do concurso de Miss São Paulo 2018


O que está se assistindo é uma tragédia

João Eduardo Lima
Editor e Criador dos blogs TV em Análise

Captura de Tela/YouTube e Facebook


Já se perdeu boa parte da sexta-feira, 2 de março de 2018, para esperar no canal de YouTube da Organização Miss Brasil Universo para esperar pela divulgação da lista das 20 classificadas para o concurso Miss São Paulo 2018, marcado para o dia 7 de abril. Na noite da quinta-feira (1º), a coordenação brasileira do Miss Universo fez divulgar uma prévia, mas nada de concreto. Apresentou apenas números (foram 175 inscritas para se chegar a 60 selecionadas para a segunda fase e, por fim, se chegar à tal lista de 20 classificadas). O que tanto a Polishop quer esconder da opinião pública? O acordão que tem com a Rede Globo?
É deplorável para um Estado que tem um histórico de oito títulos de Miss Brasil maltratar o principal concurso estadual da temporada 2018 a esse estágio. Estamos assistindo a um show de horrores em termos de counicação. Internautas lançaram a hashtag #ForaBeEmotion para expressar sua raiva e descontentamento com a falta de atenção das mídias sociais da Organização Miss Brasil com o concurso paulista, produto da Band desde 2006.
A raiva dos internautas contra a Polishop na condução da Organização Miss Brasil Universo não é restrita a São Paulo. Já chegou à Bahia, onde surgiram denúncias semelhantes de desorganização na etapa estadual do Miss Brasil 2018. Logo, no ano que se completam 50 anos do último título de Miss Universo para o país. Até às 18h01, nada de vídeo oficial ou lista de candidatas. A seguir, cenas dos próximos capítulos.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s