Estados começam a definir candidatas para o Miss Brasil 2018


41 candidatas já estão garantidas em 12 certames, de acordo com perfil Miss Brasil Candidatas

Da redação TV em Análise

Prefeitura Municipal de Sinop/11.09.2017


Um mês depois da piauiense Monalysa Alcântara, 18, ter participado da 66ª edição do concurso de Miss Universo, em Las Vegas, a movimentação de algumas coordenações estaduais para o Miss Brasil 2018 começou a tomar forma. Pelo menos é o que mostra um levantamento feito pelo TV em Análise Críticas a partir de informações coletadas no perfil de Instagram Miss Brasil Candidatas. De acordo com a página, 41 candidatas estão previamente confirmadas em concursos de 12 Estados: Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe.
De acordo com o Miss Brasil Candidatas, o maior contingente de pré-candidatas ao Miss Brasil 2018 está no Rio Grande do Sul, que tem sete misses municipais previamente eleitas. Na sequência vem Ceará e Paraná, com seis. Amazonas, Pernambuco e Sergipe vem com quatro candidatas municipais já eleitas. No Maranhão, apenas uma candidata foi eleita no período de 27 de novembro a 23 de dezembro.

Arte/TV em Análise Críticas

A temporada de concurso estaduais do Miss Brasil 2018 começa no dia 10 de janeiro, no Acre, e se estenderá até 7 de abril, no Rio Grande do Sul. O concurso nacional ocorrerá em maio, em uma cidade-sede ainda a ser definida pela Organização Miss Brasil Universo. A vencedora do Miss Brasil 2018 irá para a 67ª edição do Miss Universo, a ser realizada no dia 26 de setembro, no Centro de Convenções 27 de Enero, em Lima (Peru).
Das 27 coordenações estaduais, sete estão com inscrições abertas de candidatas: Alagoas, Espírito Santo, Paraná (com candidatas eleitas), Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Roraima. Nove coordenações não forneceram informações sobre os certames até o fechamento desta matéria: Acre, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Tocantins.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s