FALSA SENSAÇÃO POSITIVA DA IMPRENSA DAS ‘BABÁS DO MICHELZINHO’ VENDE AO BRASIL UMA ILHA DA FANTASIA


Enquanto inflação e casos de zika e chikungunya ‘caem’, país volta para o Mapa da Fome da ONU

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

FAO/Divukgação


É, no mínimo, patética e degradante a situação da imprensa brasileira no pós-Temer. Casos de corrupção envolvendo membros do PMDB e seu Quadrilhão deram lugar a uma agenda de falsas notícias positivas, travestidas de matérias pagas pelo grupo dos ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, denunciados junto com o presidente Michel Temer por organização criminosa e obstrução de justiça na delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos do grupo J&F, presos na carceragem da Polícia Federal de São Paulo. Para a qual Temer e seu bando também deveriam ter ido.
Em meio a essa agenda de mentiras, empulhações como a volta do consumo e a queda dos casos de zika e chikungunya substituem na Band, Record, RedeTV! e SBT matérias sobre a volta do Brasil ao Mapa da Fome da Organização das Nações Unidas (ONU). Vários especialistas tem alertado para o descalabro que Temer e seu Quadrilhão estão fazendo com o país de 13 milhões de desempregados, afundado numa corrupção da qual o próprio PMDB de Temer foi e é partícipe desde 2011.
A desgraça que o Brasil está vivenciando é a consequência prática dos métodos da Prostituinte de 1988 e suas consequências nefastas para a cultura, a educação e a saúde pública brasileiras, implementadas pelo Centrão do PMDB do saudoso Dr. Ulysses Guimarães, o eterno “Senhor Diretas”. Prostiruinte porque era assim que Clodovil Hernandes (1937-2009) se referia à Assembleia Nacional Constituinte em seu programa na antiga TV Manchete (atual RedeTV!). É também consequência dos fisilogismos praticados no desgoverno de Fernando Henrique Cardoso e de sua quadrilha no PSDB, que aparelhou a Prefeitura de São Paulo com miliciandos do MBL, cambada de falsos moralistas que atenta contra a liberdade de expressão.
A “máfia da boa noticia” que o Quadrolhão de Temer instaurou na imprensa brasileira é produto direto da turnê que o prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, faz para angariar fundos (lícitos) para sua candidatura à Presidência da República em 2018. Fundos esses que incluem o do apresentador da Globo Luciano Huck, que encontrou respaldo em milicianos de alto pedigree do MBL ligados ao Democratas e ao PCC do Presidiário Eduardo Cunha, condenado a mais de 15 anos de prisão por ordem do juiz Sérgio Moro, em Moroland, capital do Paraná (no qual a Raíssa Santana não nasceu).
Na prática, a quadrilha do bunker de Temer tenta orquestrar uma legião de “babás do Michelzinho” em redações de blogs (como este), sites, portais, jornais, revistas e emissoras de rádio e televisão para vender ao país uma realidade manipulada, farseada. Temer pensa que o Brasil é a Ilha da Fantasia daquela antiga série televisiva. Ele e seu quadrilhão pensam que somos idiotas. Não, não somos idiotas. Temos senso de que estamos sendo enganados e ludibriados por uma máquina criminosa de deformação midiática.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Imprensa, Poderes ocultos, Podres poderes e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s