Conta de países confirmados no Miss Universo 2017 é refeita e previsão do número final de candidatas da disputa cai para 91


China, Kosovo e Líbano estão oficialmente fora do concurso, que acontece daqui a 57 dias, em Las Vegas

Da redação TV em Análise

Fotos Getty Images e Miss Universe Organization/Divulgação


A direção da Miss Universe Organization já fez as contas e constatou que três países – China, Kosovo e Líbano – que constavam da lista original de confirmados para a 66ª edição do Miss Universo, marcada para ocorrer entre os dias 5 e 26 de novembro em Las Vegas, estão oficialmente fora do concurso. As coordenações desses países tiveram até o dia 31 de agosto para decidirem se fariam concursos nacionais ou aclamariam candidatas, mas não o fizeram.
Dos países cortados do Miss Universo 2017, China e Kosovo enviaram candidatas para a 65ª edição do Miss Universo, realizada na manhã de 30 de janeiro, em Pasay (região metropolitana de Manila). Eles se juntam a Belize, Dinamarca, Hungria, Itália, Sri Lanka, Suíça e Uruguai no quadro de países ausentes da 66ª edição do Miss Universo, que subiu de sete para nove. O Líbano permanece sem enviar candidata para a disputa internacional desde 2015, quando Cynrhia Samuel não se classificou entre as 15 semifinalistas na preliminar realizada no The AXIS, palco também do concurso deste ano. O país não classifica uma candidata desde 1973, quando Marcèlle Herro se classificou entre as 12 semifinalistas, no Odeon de Herodes Ático, em Atenas.
Iraque e Quênia, únicos países que estão com as datas dos concursos nacionais em aberto, permanecem na disputa. Antes fora da lista anterior, a estreia da Armênia também está confirmada. Com a revisão, o número de países com presença confirmada no Miss Universo 2017 caiu de 94 para 91. Ainda assim, o recorde de participação em todas as edições do Miss Universo deverá ser mantido. Abaixo, a lista atualizada de países confirmados

-Albânia
-Angola
-Argentina
-Armênia
-Aruba
-Austrália
-Áustria
-Bahamas
-Barbados
-Bélgica
-Bolívia
-Brasil
-Ilhas Virgens Britânicas
-Bulgária
-Camboja
-Canadá
-Ilhas Cayman
-Chile
-Colômbia
-Costa Rica
-Croácia
-Curaçao
-República Tcheca
-República Dominicana
-Equador
-El Salvador
-Finlândia
-França
-Geórgia
-Alemanha
-Gana
-Grã-Bretanha
-Grécia
-Guam
-Guatemala
-Guiana
-Haiti
-Honduras
-Islândia
-Índia
-Indonésia
-Iraque
-Irlanda
-Israel
-Jamaica
-Japão
-Cazaquistão
-Quênia
-Coreia (do Sul)
-Laos
-Malásia
-Malta
-Maurício
-México
-Montenegro
-Mianmar
-Namíbia
-Nepal
-Holanda
-Nova Zelândia
-Nicarágua
-Nigéria
-Noruega
-Panamá
-Paraguai
-Peru
-Filipinas
-Polônia
-Portugal
-Porto Rico
-Romênia
-Rússia
-Sérvia
-Serra Leoa
-Cingapura
-Eslováquia
-Eslovênia
-África do Sul
-Espanha
-Santa Lúcia
-Suécia
-Tailândia
-Tanzânia
-Trinidad e Tobago
-Turquia
-Ucrânia
-Estados Unidos
-Ilhas Virgens Americanas
-Venezuela
-Vietnã
-Zâmbia

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s