Número de semifinalistas do Miss Universo 2017 cairá para 10


Sistema foi adotado de 1984 a 2002

Da redação TV em Análise

Fotos Miss Universe Organization e Getty Images


A 76 dias da realização da 66ª edição do Miss Universo, a Miss Universe Organization tomou a primeira decisão importante relacionada ao concurso. De acordo com fontes da IMG, empresa controladora da MUO, o número de semifinalistas cairá de 13 na 65ª edição, em janeiro nas Filipinas, para 10. Será a retomada do sistema que vigorou de 1984 a 2002, que impediu que muitas brasileiras avançassem às fases seguintes do certame. Esse número foi o mesmo da primeira edição do Miss Universo, realizada em 28 de junho de 1952, em Long Beach.
Em 1953 e 1954, o número de semifinalistas do Miss Universo subiu para 16. De 1955 a 1970, já em Miami Beach, esse número foi reduzido para 15 (inclusive nos anos em que o Brasil venceu o concurso). Entre 1971 e 1983, foram classificadas 12 semifinalistas. A partir de 2003, quando houve a retomada do top 15, ocorreram pequenas variações – 20 semifinalistas em 2006 e 16 semifinalistas entre 2011 e 2013, uma delas pelo voto popular, O número se manteve fixo nos demais anos até 2015.
De acordo com a IMG, a intenção é repetir a mesma quantidade de semifinalistas do Miss USA 2017, realizado em 14 de maio também em Las Vegas. Os desfiles em grupos de três candidatas, usados no Miss Universo 2016, não serão repetidos. Cada uma das 10 semifinalistas voltará a desfilar uma a uma, do modo como era adotado até 2015. As mudanças propostas pela IMG para o Miss Universo 2017 visam atender a reclamações de alguns missólogos, que se sentiram insatisfeitos com a dinâmica adotada, que lhes remetia a desfile de moda. No entanto o que deve desagradar a algumas coordenações é a redução do numero de semifinalistas, que já foi decidida.
Se o top 10 não tivesse sido adotado de 1984 a 2002, o país teria obtido, pelo menos, 11 classificações entre as 12 ou 15 semifinalistas, somadas às quatro que de fato teve – 1985 (Márcia Giagio Canavezes/MT), 1986 (Deise Nunes de Sousa/RS), 1993 (Leila Christine Schuster/RS) e 1998 (Michela Dauzacker Marchi/MS).

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Número de semifinalistas do Miss Universo 2017 cairá para 10

  1. Pingback: EXCLUSIVO: Sai a 23ª avaliação parcial do Críticas para o concurso Miss Universo 2017 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s