Juliana Campos assume coordenação do Miss Distrito Federal


Empresária do Gama vai ocupar vaga deixada após morte de Cloves Nunes

Da redação TV em Análise
Com Radar Santa Maria

Reprodução/Blog do Amarildo


Acabou a novela em torno de quem vai assumir a coordenação do Miss Distrito Federal após a morte súbita do ex-coordenador, Cloves Nunes, no dia 8 de março. A Organização Miss Brasil Universo, joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação, Polishop, Ford Models e IMG Universe, designou a empresária de eventos da cidade satélite do Gama Juliana Campos para assumir a produção da etapa da capital federal para o Miss Brasil 2017. Informações sobre data, abertura de inscrições e local da seletiva não foram divulgados.
A empresa que vai assumir a concessão do Miss DF também é responsável por certames como Rainha do Futebol, Rainha Country e Rainha do Samba. De acordo com a nova coordenadora, 16 regiões administrativas do DF já elegeram suas candidatas. Destas, 10 irão para a final da quinta-feira, 6 de julho.
O Distrito Federal conquistou seu único título de Miss Brasil desde que a capital passou a ser Brasília em 1987, com Jacqueline Meirelles, vencedora da premiação de melhor traje típico e não classificada entre as 10 semifinalistas do Miss Universo realizado em Cingapura. Depois da morte de Cloves, a própria Rede Bandeirantes se dispôs a assumir a produção do Miss DF 2017, mas desistiu da ideia, mantendo o esquema de repassar a produção a outro franqueado. Juliana já coordenava a etapa regional de Santa Maria do Miss DF, o que equivale a uma etapa municipal dos outros estaduais. Veja como ficou o quadro de coordenadores estaduais do Miss Brasil 2017 após mais esta mudança

COORDENAÇÕES ESTADUAIS PARA O CICLO DO MISS BRASIL 2017
Informações atualizadas em 16 de junho de 2017. Fontes: Coordenações
Estado Coordenador(a)
Acre Meyre Manaus
Alagoas Márcio Mattos
Amapá Enyellen Salles
Amazonas Lucius Gonçalves
Bahia Gabriella Rocha
Ceará Gláucia Tavares
Distrito Federal Juliana Campos
Espírito Santo Lia Delpupo Ribeiro
Goiás Fátima Abranches
Maranhão Márcio Prado
Mato Grosso Warner Willon
Mato Grosso do Sul Warner Willon
Minas Gerais Band/Polishop/Ford/WME/IMG
Pará Mauro Antônio Ferreira
Kaiann Lobo Promoções e Eventos
Paraíba Miguel Braga
Paraná BMW Eventos
Pernambuco Miguel Braga
PIuaí Diego Trajano
Rio de Janeiro Diofrildo Trotta
Rio Grande do Norte George Azevedo
Rio Grande do Sul Marcelo Sóes
Rondônia Berta Zuleika
Roraima Paulo Silas Valente
Santa Catarina Túlio Cordeiro
São Paulo Karina Ades
Floresta Produções
Sergipe Band/Polishop/Ford/WME/IMG
Tocantins Fátima Abranches

Arte/TV em Análise Críticas

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s