Coberturas esportivas e cena eleitoral fazem Costa Rica indicar candidata ao Miss Universo 2017 e cancelar concurso nacional


Decisão foi tomada pela emissora que detém os direitos do concurso

Da redação TV em Análise

La Nación/Arquivo


Às voltas com a cobertura de quatro grandes eventos esportivos – Copa das Confederações, Copa Ouro, Eliminatórias da Concacaf e Campeonato Nacional de Futebol – e os preparativos para a eleição presidencial de 4 de fevereiro de 2018, a Teletica decidiu cancelar nesta segunda-feira (12) a realização do concurso Miss Costa Rica 2017 e designar uma candidata para representar o país na 66ª edição do concurso de Miss Universo, marcada para a manhã de 28 de novembro, em Quezón City (região metropolitana de Manilla). O anúncio foi feito pelo presidente da emissora, René Picado Cozza, em comunicado à imprensa.
De acordo com Picado, a representante da Costa Rica no Miss Universo 2017 será Elena Correa, primeira vice-rainha do Miss Costa Rica 2016, organizado pela própria Teletica, parceira da Miss Universe Organization no país. Ao decidir pelo cancelamento do Miss Costa Rica 2017, o executivo da Teletica se valeu do calendário móvel usado para a realização do Miss Universo que, no seu entender, “é muito complicado organizar algo como se deve com uma margem tão estreita (entre o concurso nacional e o internacional)”.
A Teletica tem os direitos de representação do Miss Universo na Costa Rica desde 1960. Em agosto, diretores da organização Miss Costa Rica farão uma convocação para a seleção de candidatas para o concurso Miss Costa Rica 2018, a ser realizado mais para frente. A coroação de Elena Correa como Miss Costa Rica 2017 ocorrerá no mesmo mês.
Com a indicação de Elena Correa para representar a Costa Rica, o número de candidatas confirmadas no Miss Universo 2017 sobe para 25. O TV em Análise Críticas realizará no domingo (18) a 12ª avaliação parcial com vistas ao concurso, já contadas as notas a serem apuradas de Correa e da candidata que a Suécia eleger nesse dia. A essa altura, o concurso já deverá ter 26 candidatas confirmadas.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s