Para 80% dos leitores do Criticas, Band não iria segurar audiência do Miss Universo 2016 no Miss São Paulo 2017


Concurso paulista ocorreu menos de dois meses depois do concurso internacional

Da redação TV em Análise

Organização Miss Brasil Universo/Divulgação/25.03.2017
Raíssa com Cássio Reis: stil fresh, fresh, fresh nas mentes e corações


A realização do concurso Miss São Paulo 2017 menos de dois meses depois de realização do Miss Universo 2017 foi um erro gravíssimo para a Rede Bandeirantes. É o que mostra uma enquete que o TV em Análise Críticas manteve aberta para seus leitores do domingo, 19 de março, até o início da tarde da terça-feira, 18 de abril. 80% dos leitores que participaram da enquete reconheceram que a Band não conseguiria segurar no concurso paulista a mesma audiência que teve no concurso internacional. Outros 20% disseram estar por fora do assunto.
No dia 29 de janeiro, a Band obteve média domiciliar de 2,5 no Painel Nacional de Televisão com a transmissão do Miss Universo 2016. Na Grande São Paulo, a Band desabou de 2,6 com o Miss Universo 2016 para 1,7 no Miss São Paulo 2017. Contribuiu para essa derrocada o fato de a eleição da francesa Iris Mittenaere e a classificação da brasileira Raíssa Santana entre as 13 semifinalistas ainda estarem “frescas” na mente dos telespectadores, que ainda não assimilaram as candidatas locais do ciclo do Miss Brasil 2017, que estão sendo eleitas aos poucos. A segunda candidata sairá de Goiás, na noite da terça-feira (18). Depois, Bahia e Roraima anunciam suas candidatas.
Cinco leitores responderam à enquete, que não tem qualquer valor de amostragem científica. A redação do Críticas agradece a participação.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s