Lupita Jones nega fim do concurso Nuestra Belleza Mexico


Em conversa com internautas, diretora do concurso desmente rumores

Da redação TV em Análise

Pablo Salazar/Clasos.com/LatinContent/Getty Images/07.09.2010


A empresária e produtora Lupita Jones, 48, desmentiu através de seu perfil no Facebook em transmissão ao vivo na tarde desta quinta-feira (6), a descontinuidade do concurso Nuestra Belleza Mexico. Ela esteve no Foro 4 do centro de produção Televisa San Angel, na Cidade do México, para uma gravação de programa. O local é o mesmo onde no dia 11 de março, Denisse Franco foi eleita para representar o México no Miss Universo 2017.
Na última semana, vários veículos de comunicação mexicanos, entre eles o jornal El Universal publicaram notícias falsas dando conta de que a Televisa iria encerrar a exibição do Nuestra Belleza Mexico, alegando baixa rentabilidade. Na conversa, Lupita esclareceu que os trabalhos de produção dos 32 concursos estaduais “começarão após a Semana Santa” e que “haverão mudanças no certame”, sem dizer quais.
Lupita foi eleita Miss Universo no dia 17 de maio de 1991, em Las Vegas. Após seu reinado, ainda na condição de Señorita México, Lupita comprou a franquia da TV Azteca em 1994 e a rebatizou de Nuestra Belleza Mexico. Foi na gestão de Lupita que o México passou a melhorar seu aproveitamento de classificações no Miss Universo – de oito na época do Señorita Mexico, subiu para 10 até 2016. Em 2010, a recém-casada Ximena Navarrete fez o México encerrar um jejum de 19 anos de títulos de Miss Universo para o país. Em 60 participações no concurso, o México teve 18 classificações, o que equivale a um aproveitamento de 30%, o 15º melhor entre os 34 países que conquistaram ao menos um título de Miss Universo desde a criação do concurso, em julho de 1952, em Long Beach.
Além do Miss Universo, o Nuestra Belleza Mexico também envia candidatas para o Miss Beleza Internacional e Rainha Hispanoamericana.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Outras Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s