Cai mais um feudo de coordenação estadual do Miss Brasil


Família de ex-conselheira do CNCCB perde o comando do Miss Roraima

Da redação TV em Análise

Fotos Miss Roraima/Divulgação, Reprodução/Facebook e Beto Lima/iG/16.07.2011


A ex-conselheira de ética do Comitê Nacional de Coordenadores de Concursos de Beleza (CNCCB), Maria Joana “Jô” Rodrigues, e a Miss Roraima 2011 Nel Anne Rodrigues não integram mais a coordenação do concurso Miss Roraima. A concessão do concurso que escolhe a representante do Estado nortista para o Miss Brasil agora é de responsabilidade do modelo Paulo Silas Valente. A confirmação do nome do novo coordenador foi feita na manhã desta quarta-feira (5) pelo perfil de Facebook Miss e Mister Roraima.
A chegada de Paulo Silas encerra um feudo da família Rodrigues que se arrastava desde 2005, quando foi formada uma comissão que era encarregada de apenas indicar a representante do Estado na etapa brasileira do Miss Universo. A designação do novo coordenador foi feita pela Polishop, patrocinadora master e sócia proprietária da Organização Miss Brasil Universo ao lado do Grupo Bandeirantes de Comunicação, IMG Universe e Ford Models Brasil.
A eleição da Miss Roraima 2017, prevista para o dia 29, em boa Vista, será a primeira coordenada por Paulo Silas. As inscrições de candidatas ainda estão abertas. A vencedora vai representar o Estado no Miss Brasil 2017, marcado para agosto, em São Paulo.
A queda de Jô e Nel Anne Rodrigues é um duro golpe para as oligarquias que ainda insistiam em mandar nos concursos estaduais do Miss Brasil, que não emplaca uma vencedora de Miss Universo desde 1968. Em fevereiro, Nelito Marques perdeu a cadeira de coordenador do Miss Piauí após uma denúncia de injúria racial ter se tornado pública. A licença foi assumida pela Organização Miss Brasil Universo. A publicação da lista suja de coordenadores estaduais envolvidos com práticas de corrupção (que não incluía nem Jõ nem Nel Anne) também ajudou a mudar o quadro nebuloso que ainda se desenha em parte das coordenações estaduais.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Cai mais um feudo de coordenação estadual do Miss Brasil

  1. Pingback: Viúvo de Cloves Nunes assume coordenação do Miss Distrito Federal e Band/Polishop confirma comando do Miss Piauí | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s