11 Estados e o Distrito Federal ainda não marcaram as datas de eleição das candidatas do concurso Miss Brasil 2017


Entre eles estão Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais, que possuem maior número de títulos

Da redação TV em Análise

Antares Martins/Organização Miss Brasil Universo/23.07.2016


A aceleração da definição das datas dos concursos estaduais do Miss Brasil 2017 reduziu um pouco o buraco de datas que vinha se verificando desde o dia 25 de fevereiro, quando o TV em Análise Críticas começou por conta própria a apuração de datas junto às coordenações estaduais e algumas fontes independentes do meio miss. De 21 concursos com data em aberto (ou 77,77% do total), o buraco caiu para 12 (44,44% do total ou 46,15% das coordenações restantes) com as definições de datas em Estados de menor importância, como Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte, e outros de importância relativa como o Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que juntos carregam quatro títulos nacionais. O grande nó do fechamento das datas dos estaduais do Miss Brasil 2017 está em Estados que tem o maior número de títulos, como Rio Grande do Sul (14), Rio de Janeiro (8) e Minas Gerais (8). São Paulo, que conta também com oito títulos nacionais, já realizou a eleição de sua candidata.

Arte/TV em Análise Críticas

De acordo com o mapa elaborado pelo TV em Análise Críticas, 11 coordenações estaduais – Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e Sergipe, além da do Distrito Federal, não tinham marcado as datas de seus concursos para a definição das candidatas para a etapa brasileira do Miss Universo 2017. Desse grupo, apenas Amapá e Rondônia ainda não tinham aberto as inscrições de candidatas para seus certames, como mostrou matéria publicada pelo Críticas na terça-feira (4).
Procurada pela reportagem, a assessoria da Organização Miss Brasil Universo, joint venture da Polishop, Grupo Bandeirantes de Comunicação, Ford Models Brasil e IMG Universe, não foi encontrada para comentar as informações sobre o problema no calendário das coordenações estaduais citadas nesta reportagem.
Até o momento, 14 das 26 coordenações estaduais remanescentes (ou 53,84% do total) já agendaram as datas de seus concursos.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s