Local de realização do concurso Miss USA 2017 está definido


Certame vai ocorrer no dia 14 de maio, no Public Hall de Cleveland

Da redação TV em Análise

Raymond Boyd/Getty Images/19.06.2015


Já está decidido o local de Cleveland que irá sediar a 66ª edição do concurso Miss USA. De acordo com a emissora local de televisão FOX 8, o concurso, marcado para o dia 14 de maio, vai ocorrer no Public Hall, local que tem recebido as cerimônias de indicação ao Hall da Fama do Rock and Roll e as convenções do Partido Republicano de 1924 e 1936. A decisão final ainda será tomada pela comissão de Esportes de Cleveland, que se encarregará de fazer o anúncio oficial junto com a Miss Universe Organizxation, que organiza o evento.
A informação de que Cleveland será sede do Miss USA 2017 começou a circular em redes sociais na madrugada da sexta-feira, 17 de março. Até o fechamento desta reportagem, a MUO e a rede de televisão FOX, que detém os direitos de transmissão da etapa americana do Miss Universo, não tinham se posicionado a respeito. Caso Cleveland seja confirmada como sede do Miss USA 2017, quem deverá sair perdendo é a cidade de Las Vegas, que recebeu o Miss USA por sete anos não consecutivos (2008 a 2013 e 2016). Cleveland deverá entrar no seleto clube de cidades americanas que já receberam o Miss USA desde 1973, quando começou a era das sedes itinerantes.
Especulações iniciais apontavam para a realização do certame na Quicken Loans Arena, ginásio do Cleveland Cavalliers da NBA, mas o local foi descartado. O Public Hall tem capacidade para 10 mil pessoas sentadas em seu auditório principal, escolhido para receber a eleição da sucessora de Deshauna Barner, eleita Miss USA 2016 no dia 5 de junho passado, na T-Mobile Arena de Las Vegas, que já chegou a ser cotada para ser residência permanente dos eventos da Miss Universe Organization – Miss USA, Miss Universo e Miss Teen USA até 2018. O acordo não foi adiante.
Inaugurado em 1922, o Public Auditorium (nome oficial do Public Hall) já recebeu, além das convenções republicanas citadas, a convenção do Partido Democrata de 2016, que ungiu Hillary Clinton como candidata à Presidência, derrotada por Donald Trump, produtor executivo dos concursos de Miss USA, Miss Universo e Miss Teen USA e co proprietário da MUO de 1997 a 2015. O local, de arquitetura neoclássica, também possui um segundo auditório menor, com 3 mil lugares, chamado Music Hall, destinado a concertos. A reforma mais recente da sede do Miss USA 2017 ocorreu em 2013.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Outras Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s